UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Acadêmicos de pós-graduação também usam Horto Medicinal para aulas práticas

Publicado em: 15/05/2019 às 16:00

Megalaboratório a céu aberto coordenado pelo curso de graduação em Farmácia dá suporte a projetos de extensão universitária e pesquisa, da graduação ao doutorado

Alunos realizam a prensagem do material botânico
Alunos realizam a prensagem do material botânico
Alunos coletam material para identificação
Alunos coletam material para identificação
Elaboração das exsicatas, pranchas etiquetadas para identificação
Elaboração das exsicatas, pranchas etiquetadas para identificação
Elaboração das exsicatas, pranchas etiquetadas para identificação
Secagem do material botânico

As atividades práticas têm grande importância na formação acadêmica. Por isso, alunos de pós-graduação da Universidade Paranaense também utilizam continuamente os laboratórios para aulas práticas.

É o caso do Horto Medicinal da Unipar, projeto coordenado pelo curso de graduação em Farmácia, Unidade de Umuarama. O grandioso laboratório a céu aberto, com 30 mil metros quadrados de área, conta com mais de 400 espécies de plantas para estudos entre ornamentais, tóxicas, comestíveis e medicinais, que são as que prevalecem.

Regularmente, o mestrado em Plantas Medicinais e Fitoterápicos na Atenção Básica da Unipar promove aulas práticas no local [assim como os cursos de graduação em Engenharia Agronômica e Enfermagem e dos mestrados e doutorados em Ciência Animal e Biotecnologia]. Recentemente, seus acadêmicos foram a campo para aprender sobre a identificação de plantas.

A atividade foi realizada em duas fases como parte da disciplina de Etnobotânica e Etnofarmacologia. Na primeira, os acadêmicos aprenderam a coletar, prensar e secar o material botânico. Na segunda, após a secagem e a identificação das plantas, foram elaboradas as exsicatas, pranchas etiquetadas para serem depositadas no Herbário.

Os acadêmicos foram orientados pela professora Ezilda Jacomassi, coordenadora do Horto. Ela explica que as aulas práticas são bem aproveitadas pelos acadêmicos e despertam neles novas oportunidades.

“Além de consolidar a teoria estudada na sala de aula, os alunos entram em um universo mais dinâmico, possibilitando outras visões de atuação, em que o professor tem a sensação do dever cumprido na íntegra”.

Redes sociais>