UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 

0800 601 4031

NOTÍCIA

Pesquisa e tecnologia: Unipar comemora inclusão no Separtec

Publicado em: 27/12/2018 às 14:00

O Sistema Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná, criado em 2016, conta com a participação de diversas instituições

Reunião do Separtec reuniu lideranças de todo o Paraná
Professora Evellyn Wietzikoski (ao centro), que representou a Unipar

Entre as várias conquistas do ano comemoradas pela Universidade Paranaense está a sua inclusão no Sistema Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná. O anúncio foi feito pelo secretário de Ciência e Tecnologia, Décio Sperandio, em reunião do Conselho do Separtec, realizada no Palácio Iguaçu, em Curitiba (em 19/12).

A Unipar foi representada pela diretora da DEGPP (Diretoria Executiva de Gestão da Pesquisa e Pós-Graduação da Unipar), professora Evellyn Wietzikoski. Ela diz que a inclusão da Unipar valoriza o trabalho da Instituição e amplia a representatividade do interior do Estado nos projetos de inovação incentivados pelo Governo.

Instituído em 2016, o Separtec criou um Grupo de Trabalho Permanente, que atuou intensamente nos últimos dois anos, mobilizando mais de 100 especialistas, com o objetivo de definir uma política pública paranaense de apoio a ambientes de inovação, capaz de colocar o Paraná entre os três principais estados do país em inovação tecnológica na próxima década.

“Isso garante a participação da Unipar e Umuarama em uma missão estratégica de desenvolvimento do Paraná, o que nos deixa muito orgulhosos”, destaca a diretora, informando que o Separtec envolve órgãos de governo, universidades, centros de pesquisa e entidades do setor empresarial.

Entre as principais entregas da equipe executiva do Separtec, anunciadas na reunião, estão a criação do Fundo de Aval Garantidor das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná- FAG/PR), do Fundo de Inovação das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná – FIME/PR e do Fundo de Capital de Risco do Estado do Paraná - FCR/PR, todos focados no apoio a empresas de base tecnológica, especialmente as localizadas em parques tecnológicos e centros de inovação.

Redes sociais>