UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

Fale conosco

0800 601 4031

NOTÍCIA

Sistemas de Informação: Alunos desenvolvem softwares para empresas

Publicado em: 06/12/2018 às 15:00

Em atividade de estágio e pesquisa, os acadêmicos buscaram soluções de problemas reais em informática

Turma de acadêmicos que apresentaram os estágios para banca
Turma de acadêmicos que apresentaram os estágios para banca

O Estágio Supervisionado faz parte do processo de aprendizagem, que permite aos acadêmicos desenvolverem, além das habilidades técnicas, a consciência humanística e cultural. Com essa proposta o curso de Sistemas de Informação da Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Paranavaí, promoveu atividade prática na disciplina de Sistemas de Informação II.

Para o desenvolvimento do estágio, os acadêmicos puderam escolher entre realizar uma pesquisa científica ou desenvolver um software, ambos teriam que se encaixar na proposta de ajudar a Unipar no cumprimento de seu papel social, com contribuições para a comunidade, ao mesmo tempo em que proporcionasse uma experiência prática e de aperfeiçoamento técnico-científico na área de informática.

Ao todo, foram desenvolvidos 32 projetos. Na área da pesquisa, tiveram destaques os temas de automação residencial, industrial e comercial, robótica, biometria facial, moeda virtual, computação em nuvens, seguranças de computadores, engenharia de software, acessibilidade, tecnologias assistivas, banco de dados, entre muitas outras. Também surtiram bons resultados os projetos técnico-científicos, com o desenvolvimento de softwares que buscaram atender as necessidades específicas das empresas e indústrias da região.

Após a conclusão, os acadêmicos defenderam seus trabalhos perante a banca presidida pelos orientadores dos trabalhos, com participação dos professores do curso, como avaliadores. Estudantes de outras turmas e outros cursos, amigos, familiares e representantes das empresas beneficiadas compareceram para assistir às apresentações.

“Inovação, criatividade, competência foram características marcantes nos projetos”, afirma a coordenadora do curso, professor Claudete Werner. “Todos os trabalhos ficaram ótimos”, elogia.

Redes sociais>