UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

Fale conosco

0800 601 4031

NOTÍCIA

Educação a Distância: Equipe doa ração ao Instituto de Resgate e Proteção Animal

Publicado em: 27/11/2018 às 15:00

Campanha foi realizada nas sete Unidades da Unipar; estudantes abraçaram a causa nobre

Presidente da ONG, Vitória Grando, recebe doação das mãos da tutora da EAD, Elisabete Leal, e do consultor Claudair Jaines
Presidente da ONG, Vitória Grando, recebe doação das mãos da tutora da EAD, Elisabete Leal, e do consultor Claudair Jaines

Solidariedade, gesto que edifica vidas. Muito mais do que conhecimento técnico-científico, a Universidade Paranaense – Unipar dissemina humanidade. Todos os anos, campanhas são encabeçadas para ajudar e alegrar os necessitados.

Nos últimos dias, foi proposta a campanha de arrecadação de ração aos alunos da EAD (Educação a Distância) da Unipar. Lançada em todas as Unidades, a iniciativa foi um sucesso e em torno de 140 quilos de ração para cães e gatos chegaram somente no polo de Cascavel.

O montante foi repassado, na última semana, ao IRPA (Instituto de Resgate e Proteção Animal). A ONG (Organização Não-Governamental) foi aberta no início deste ano e, no momento, ampara 13 cães.

A presidente do IRPA, Vitória Grando, conta que começou na proteção animal há 5 anos, quando, por acaso, pegou um animal abandonado, tratou e doou, seguindo esse ritmo.

“Nossos gastos com alimentação, vacinas, castração ou medicamentos são muitos, por isso é tão importante essa mobilização para um ato tão legal; a causa animal tem ganhado visibilidade maior agora e estamos felizes por escolherem nossa ONG para receber as doações. Evitando gastos com ração posso dar maior qualidade de vida pra eles”, agradece.

Grande parte dos animais resgatados estavam em situação de violência e maus tratos, sendo vários deles casos de repercussão na mídia local, como a cadelinha Tuca (espancada) e o Bud (teve uma bombinha estourada na boca).

“Mais do que o amor, o sentimento é de gratidão. Pego animais em situações extremas e em três meses estão recuperados. A alegria da minha vida é cuidar de animais e, para isso, estou cercada de pessoas do bem, que me incentivam”, define.

Segundo alerta, o período do fim do ano até o carnaval tem mais abandono do que doações, em virtude das viagens de férias: “Para a proteção animal é um momento bem crítico, as pessoas deixam os animais trancados em casa e acham que vão sobreviver”.

A campanha foi proposta pela Diretora Executiva de Gestão da Educação a Distância, professora Ana Cristina Codato. Em Cascavel, a entrega foi realizada pela tutora presencial da EAD/Cascavel, Elisabete de Melo Leal, e pelo consultor Claudair Jaines.

Redes sociais>