UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Arquitetura e Engenharia são parceiros em Fórum Pedagógico e de Egressos

Publicado em: 12/11/2018 às 15:00

Uma das reflexões colocadas na pauta foi “Estou passando pela universidade ou estou vivendo a universidade?”

A psicóloga Diocleide Silva ministra Fórum Pedagógico
O egresso Evandro Pastre compartilha vivência acadêmica e profissional

Com o tema ‘Qualidade da vida acadêmica’, os cursos de Arquitetura e Urbanismo e de Engenharia Civil realizaram, juntos, o Fórum Pedagógico e o Fórum de Egressos, dois eventos anuais.

A proposta visa refletir sobre crises que geralmente acontecem na transição do ensino médio para o ensino superior, fase que pode ser compreendida como um momento potencializador de desafios no desenvolvimento dos jovens, na medida em que envolve questões pessoais, sociais, vocacionais, institucionais e também uma nova organização em relação ao tempo.

Para refletir sobre esse processo a convidada foi a psicóloga Diocleide Silva: “A ideia sobretudo foi discutir sobre os desafios da vida, de estarmos vivos, de desenvolver nosso potencial humano; instigar a reflexão de o que é ser humano, como nos tornamos humanos, quais são os riscos e desafios desse tornar-se humano numa sociedade tão materializada, tão objetificada, onde virtualizamos as relações e nos distanciamos daquilo que somos e daquilo que o outro é”.

A profissional, ainda, argumentou que, apesar de ser uma sociedade cheia de diversidades, também é repleta de ajustes e de padrões comportamentais. Assim, a psicóloga destaca que a proposta é de inquietação sobre o que é a vida, o que fazendo com a vida, quais os objetivos, prioridades e condição do autoconhecimento.

Na mesma linha, o Fórum de Egressos discutiu os desafios que compõem a vivência acadêmica, como administrar esse momento e conciliar com a rotina de estudos, trabalho, família. Para compartilhar suas experiências foram convidados os ex-alunos da Unipar, engenheiros Diego Lopes, Everton Pavanell e Fábio Telega, e os arquitetos Daniela Kochmanski, Matheus Turozzi, Isabela Alberti, Ana Celestino, Dinielle Leobet e Evandro Pastre.

Entre os questionamentos, falaram sobre relação entre qualidade da vivência acadêmica e a vida profissional, principais dificuldades encontradas durante a academia e como foram superadas, quais os fatores que mais contribuíram para a vida profissional, o que recomendariam aos acadêmicos que estão em processo de adaptação, para superar os desafios com qualidade.

Pastre é egresso da 1ª turma do curso de Arquitetura e foi o aluno laureado. Sobre a honra ao mérito, afirma que foi muito emocionante, indescritível. “Imagina o que é para alguém pensar em fazer Arquitetura, com a meninada saindo do terceirão e eu há muitos anos fora da escola, fiquei com receio de não dar conta de mais um curso no ensino superior, mas meu empenho me ajudou a ser laureado e a romper a barreira do medo. Jamais esperei, não sabia nem o que era ser laureado”.

Em sua fala, o arquiteto lembrou do acervo da biblioteca, o qual considerou fantástico. E, entre os diferenciais, também destacou que escolheu a Unipar por ter um corpo docente mais sério, com experiência de mercado e para lecionar. “Eu estava no curso dos meus sonhos, os professores sempre muito exigentes, mas, como entrei já mais maduro, foi uma cobrança muito saudável”, disse, comparando: “Na época eu passei no Vestibular da UEL, mas não queria sair da cidade. Contudo, fiquei surpreso ao ver como somos bem recebidos no mercado tendo nas mãos um título conferido pela Unipar”.

Redes sociais>