UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
NOTÍCIA

Terapias alternativas: UBS na Unipar oferece atendimentos de acupuntura

Publicado em: 07/11/2018 às 17:00

Tratamentos diferenciados atuam em problemas físicos, mentais e emocionais; pacientes dizem que efeitos são muito positivos

Aplicação das agulhas nos pontos de energia do corpo
Aplicação das agulhas nos pontos de energia do corpo
Aplicação das agulhas nos pontos de energia do corpo
Aplicação das agulhas nos pontos de energia do corpo
Aplicação das agulhas nos pontos de energia do corpo
Aplicação das agulhas nos pontos de energia do corpo
Aplicação das agulhas nos pontos de energia do corpo
Os atendimentos iniciam com uma conversa entre o paciente e a enfermeira
Acadêmica de Enfermagem Tainá Moreli Santos, paciente de acupuntura
Senhor Sebastião Paiva, paciente de acupuntura
Enfermeira e professora Eleuza Cabreira Mendonça

A Unidade Básica de Saúde – UBS que funciona dentro do Câmpus-Sede da Universidade Paranaense – Unipar realiza diversos atendimentos à comunidade que vão além dos exames convencionais. Terapias alternativas fazem parte do rol de benefícios, como a acupuntura e a auriculoterapia e esses tratamentos diferenciados têm apresentado muitos resultados positivos.

A acupuntura, ramo da medicina tradicional chinesa, consiste no diagnóstico e na aplicação de agulhas em pontos definidos do corpo para obter diferentes efeitos terapêuticos, de acordo com o caso tratado. Já a auriculoterapia é muito parecida com a acupuntura, porém a estimulação dos pontos é feita na superfície da orelha, com sementes de mostarda.

A enfermeira e acupunturista Eleuza Cabreira Mendonça, que atua na UBS, explica que as terapias alternativas são formas diferenciadas de tratar, conjuntamente, problemas de saúde física, mental e emocional. Ela conta que iniciou o projeto ao observar os próprios alunos: “Percebi que muitos acadêmicos estavam sofrendo de ansiedade, pressão alta e depressão e comecei a realizar tratamentos de acupuntura para melhorar a qualidade de vida deles”.

A partir disso, Eleuza levou a proposta à Unipar, que aprovou. Via projeto Centro de Saúde Escola, ligado ao curso de Enfermagem, os atendimentos acontecem há mais de um ano na UBS. Além de acadêmicos, ela também atende funcionários, professores e outras pessoas da comunidade externa. Em breve, será aberto a gestantes.

Uma das beneficiadas, a acadêmica de Enfermagem Tainá Moreli Santos, conta que sofria de ansiedade e depressão e, com o estresse da faculdade e do TCC agora no último ano da graduação, as doenças evoluíram para uma síndrome do pânico. Diante disso, ela recorreu à acupuntura e conta que tem tido só resultados positivos: “O tratamento foi um diferencial muito grande em minha vida, pois me mantém calma e relaxada”.

O senhor Sebastião Paiva, vendedor afastado do trabalho por conta das dores de coluna causadas por escoliose, conheceu a acupuntura na UBS da Unipar e aprovou a alternativa, indicada pelo filho, que é acadêmico da Unipar.

Ele conta que o tratamento trouxe um resultado tão positivo que permitiu que parasse de tomar remédios para a dor: “Eu gastava mais de R$ 400 reais em medicamentos, que não eram tão efetivos quanto à acupuntura tem sido. Além disso, sou muito bem atendido e muito bem cuidado aqui na UBS”.

Os atendimentos de acupuntura são realizados de graça, de segunda à quarta-feira, das 14 às 17 horas, na Unidade Básica de Saúde da Unipar.

Redes sociais>