UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Análise e Desenvolvimento de Sistemas realiza oficinas para professores

Publicado em: 03/10/2018 às 15:00

O projeto foi direcionado para os colégios Itacelina Bittencourt, de Cianorte, e Senador Morais Barros, de Jussara

Oficina realizada no laboratório de informática da Unipar
Oficina realizada no laboratório de informática da Unipar
Docentes do Colégio Estadual Itacelina Bittencourt
Oficina realizada no Colégio Estadual Senador Morais Barros, em Jussara
Oficina realizada no Colégio Estadual Senador Morais Barros, em Jussara
Professores do Colégio Senador Morais Barros

O curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Universidade Paranaense - Unipar, Unidade de Cianorte, promoveu oficinas de capacitação para professores nas ferramentas do Google for Education. Dois colégios já foram contemplados.

Um deles é o Colégio Estadual Itacelina Bittencourt; a oficina foi realizada no laboratório de informática da Unipar. O outro, o Colégio Senador Morais Barros, de Jussara, foi atendido em suas próprias instalações. A equipe da Unipar foi à cidade para o trabalho.

O objetivo das oficinas, agendadas pelo Prove (Programa de Valorização da Educação), foi apresentar para professores as ferramentas e formulários disponibilizados pelo Google para a elaboração de atividades e avaliações.

A coordenadora do curso, professora Sueli Poppi Borba, conduziu as atividades. Ela contou com a ajuda do acadêmico Leonardo Fateiga Generoso e do colaborador da Unipar Angelo Diotto para as instruções durante os treinamentos.

Antes, a coordenadora realizou um levantamento para verificar o nível de acessibilidade dos professores às ferramentas utilizadas nas metodologias ativas e o resultado foi baixo. “No final da oficina realizamos nova pesquisa e o alcance foi de 100%”, informa.

Ela diz também que os participantes solicitaram novas etapas de capacitação. “Todos reconheceram que o resultado do trabalho foi muito bom”, orgulha-se.

O professor Claudio Nascimento, do colégio Itacelina Bittencourt, diz que o projeto abriu novas possibilidades de ensino: “A oficina promoveu discussão sobre uma interação diferenciada com o aluno na sala de aula e fora dela; ficamos muito satisfeitos”.

O acadêmico Leonardo, que já conhecia as ferramentas pelo uso em atividades do curso, diz ter gostado de poder repassar esse conhecimento aos participantes. “A experiência de contribuir com a formação de tantos professores foi gratificante, pois com minha dedicação sei que estou implementando ainda mais a formação técnica de todos”, comenta.

Redes sociais>