UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
NOTÍCIA

Enfermagem empreendedora é mais uma possibilidade da profissão

Publicado em: 09/08/2018 às 17:00

Esse é um enfoque bem atual para essa ciência do cuidado, que sempre foi vista mais de perto nos hospitais ou UBSs

Enfermeiros manifestam amor à profissão
Professores comemoram a profissão do cuidado

A Universidade Paranaense – Unipar é referência em ensino de saúde, sempre atualizando seus cursos, investindo em laboratórios e em docentes com prática profissional. Em Cascavel, um dos destaques é o curso de Enfermagem. A profissão se consolida como ciência do cuidado - ainda é protagonista na assistência à saúde nos espaços de cuidado em diferentes níveis de complexidade.

No Brasil, por longos anos a profissão foi associada exclusivamente às práticas institucionalizadas, sempre permeando os diferentes ciclos da vida do ser humano e, portanto, os mais diversos serviços de saúde. O professor João Lucas Campos de Oliveira, enfatiza que, atualmente, o enfermeiro, emérito gestor da assistência, do trabalho e da equipe em saúde, vê sua ação possibilitada também pelo empreendedorismo, que significa a prática autônoma em muitos espaços profissionais.

“Empreender é possível quando o conhecimento e a ação se transformam em estratégias”, frisa. Ainda, explica que, na Enfermagem, que detém seu saber baseado no cuidado, o empreendedorismo ultrapassa os limites institucionais em decorrência da criatividade, da autonomia, e da habilidade de gerir negócios.

Segundo Oliveira, neste escopo, as possibilidades são diversas e cada vez mais visíveis na sociedade contemporânea. A atuação é viável em empresas de consultoria em saúde, de treinamento e desenvolvimento de pessoas, de ações de cuidado de Enfermagem direto (assistência às feridas, home care, nutrição parenteral, entre muitos outros), representação de materiais médico-hospitalares, hotelaria, escolas de Enfermagem, entre uma infinidade que não se reduz a elencar por números.

“Que os enfermeiros transcendam e empreendam! Essa é a possibilidade e o convite, tendo em vista as necessidades sociais”, reflete o docente.

Redes sociais>