UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
NOTÍCIA

Em Ponta Grossa: Professor de Farmácia ministra aula em curso de especialização

Publicado em: 27/06/2018 às 11:00

No IBRAS (Instituto Brasil de Pós-Graduação, Capacitação e Assessoria), Romir Rodrigues abordou o módulo Parasitologia Clínica

Na aula, professor utiliza o aplicativo Plickers
Professor Romir Rodrigues durante aula da especialização em Análises Clínicas
Professor Romir Rodrigues durante aula da especialização em Análises Clínicas
Aula foi ministrada no hotel Bourbon Convention, em Ponta Grossa

Integrante do quadro de docentes do IBRAS (Instituto Brasil de Pós-Graduação, Capacitação e Assessoria), o professor Romir Rodrigues ministrou neste mês aula para a turma da especialização em Análises Clínicas, ofertada pelo Instituto na cidade de Ponta Grossa/PR. Rodrigues é professor curso de Farmácia da Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Paranavaí.

Na aula realizada no hotel Bourbon Convention, ele trabalhou o módulo ‘Parasitologia Clínica’, alertando que nesta área não houve investimentos em pesquisa de novos métodos de diagnósticos. “Com o advento da Aids, parasitas oportunistas foram melhores estudados e pesquisados. Neste quesito, antigas metodologias foram somadas aos novos métodos e aos avanços tecnológicos, que permitiram não somente a identificação de coccídeos, como também de enteroparasitas, histoparasitas e hematoparasitas”.

O pesquisador também reforçou o ensinamento de técnicas modernas de diagnóstico, como ELISA (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay), testes Imunocromatográficos e PCR (Polymerase Chain Reaction), informando que, com essas técnicas, é possível estabelecer o diagnóstico laboratorial de maneira rápida, de fácil execução, com alta sensibilidade e especificidade. Ele ainda apresentou os futuros especialistas novas metodologias diagnósticas, como o método TF-Test®, baseado no método de Ritchie modificado.

Para facilitar a avaliação do aprendizado, durante a aula o professor utilizou o aplicativo Plickers, ferramenta disponível na versão web para dispositivos móveis, usado para administração de testes rápidos, o qual permite ao professor escanear as respostas e conhecer em tempo real o nível da turma quanto ao entendimento de conceitos e pontos chaves de uma aula. “O aplicativo gera e salva automaticamente o desempenho individual dos alunos, criando gráficos e dados”, explica Rodrigues.

Segundo ele, é de extrema importância a participação dos profissionais farmacêuticos nestes cursos, pois permite o contato com os avanços científicos e tecnológicos de análises clínicas. “O mercado está cada vez mais exigente e a busca por enriquecimento intelectual na área de diagnóstico permite solidificar o papel do farmacêutico, por meio de metodologias de alta sensibilidade e especificidade, que permitem o diagnóstico correto, buscando com isso a promoção da saúde”, ressalta.

O IBRAS é uma instituição de ensino que atua em 11 estados do Brasil, ofertando especializações nas áreas de Farmácia, Bioquímica e Administração Farmacêutica.

Redes sociais>