UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Cultura brasileira: Tradicional ‘Arraiá Junino’ da Unipar atrai pessoas da comunidade

Publicado em: 20/06/2018 às 15:00

Noite de frio foi superada pelas comidas e dança típicas; festa lembra legado português e fortalece a cultura brasileira

Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público
Em clima de animação, Arraiá reúne grande público

Uma noite de risadas e muita comilança. Assim foi a tradicional festa junina da Universidade Paranaense – Unipar, realizada na quarta-feira (13), no Câmpus. Barracas com quitutes típicos da festança, trajes caipiras, correio elegante e dança da quadrilha marcaram o evento, organizado pelo Piae (Programa Institucional de Atenção ao Estudante).

Para degustação teve cachorro-quente, pamonha, quentão, pinhão, cri-cri, doces, tapioca e muito mais, tudo oferecido pelos formandos dos cursos de graduação, que investem a renda na festa de formatura.

Enraizado na cultura brasileira, o arraial é uma festa em homenagem a três santos: Santo Antônio, São João Batista e São Pedro. Esse evento, tão esperado no calendário nacional, representa o folclore brasileiro.

O diretor da Unidade, professor Gelson Uecker, recepcionou convidados e anunciou as deliciosas opções de comidas, parabenizando os acadêmicos pelo capricho e detalhes.

À frente dos trabalhos, o coordenador do Piae, o pedagogo Renato Domingues, fala da relevância do evento enquanto resgate cultural e incentivo a pensar a origem da festa, história dos povos e suas raízes, herança das tradições europeias e indígena e características da comilança nativa.

Redes sociais>