UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
OUVIDORIA TRABALHISTA

Acesso online:

Criar ou recuperar sua senha
NOTÍCIA

Semana Acadêmica de Arquitetura e Engenharia Civil promove interação

Publicado em: 12/06/2018 às 15:00

Evento reuniu alunos de todas as séries e abordou desenvolvimento sustentável, marketing pessoal, comunicação e projetos arquitetônicos

Da Fiep, Rosane Fontoura fala sobre desenvolvimento sustentável
Da Fiep, Rosane Fontoura fala sobre desenvolvimento sustentável
A jornalista Izabella Ferrari fala sobre comportamento e comunicação
Minicurso com o arquiteto Fernando Spinelli discute softwares de interesse da construção civil
Professor Alexandre Wullsmeyer traz a arquitetura paisagística
Estudantes realizam prática de minicurso de fotografia de Arquitetura, com o egresso Maycon Meyer
O diretor da Unidade, professor Gelson Uecker, dá boas-vindas aos convidados
Acadêmicos abrilhantam noite com apresentação cultural
Acadêmicos abrilhantam noite com apresentação cultural

Socializar, interagir, agregar conhecimentos, conceitos e tendências. Com estes motes a Universidade Paranaense – Unipar promoveu a 16ª Semana Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo e 8ª de Engenharia Civil. Da palestra de abertura, também participaram as turmas de Ciências Contábeis e Administração.

Quem iniciou os trabalhos foi a coordenadora executiva do Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial da Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), Rosane Fontoura, que falou sobre desenvolvimento sustentável das novas economias, incluindo o que é desenvolvimento sustentável e identificando os agentes da mudança na plataforma até 2030.

A palestrante deu ênfase a três Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: inovação, cidades e infraestrutura, apontando como requisitos, perfil profissional voltado à sustentabilidade e ao coorporativo: “São necessárias parcerias entre empresas, organizações sociais e universidades, por meio de projetos de extensão e ações concretas de cidadania, para atingir os desafios da plataforma de reduzir a pobreza, melhorar a educação, trabalhar questões de gênero e ambientes - mudanças climáticas, preservação dos mares”.

Rosane trabalhou com dados do global para o local. As estatísticas apontam aumento do número de trabalhadores vivendo em extrema pobreza, da evasão na educação, mortalidade materna, gravidez na adolescência e falta de saneamento.

Com outro foco, também foi convidado o coaching Adelar Siqueira, que falou sobre carreira, marketing pessoal e autodesenvolvimento. “É essencial trabalhar o eu, pois a transformação começa por dentro; também pensar eu quero ou preciso fazer”.

Ainda, compartilhou conhecimento a jornalista Izabella Ferrari, incentivando: “Em algum momento o profissional poderá estar em um meio de comunicação, traduza, simplifique, seja claro para o seu público e respeite a técnica”.

Outro nome foi do arquiteto Alexandre Wullsmeyer, que possibilitou definir o que é arquitetura paisagística enquanto campo profissional e disciplinar, esclarecendo como definir escalas de atuação, grupo de conhecimento e objetivos próprios. Também apresentou exemplos de projetos brasileiros e estrangeiros e atentou para projeto de Lei que vai criar a atividade de paisagista, argumentando a necessidade de se ter um diferencial.

Também arquiteto, Maurício Rezende falou sobre etapas de projeto, enaltecendo o processo criativo e a importância de criar um programa de necessidades do cliente a partir de entrevista, coleta de dados e documentos e levantamento arquitetônico e do terreno.

Redes sociais>