UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
OUVIDORIA TRABALHISTA

Acesso online:

Criar ou recuperar sua senha
NOTÍCIA

Handebol em Cadeira de Rodas: Atleta do AMA é destaque na Seleção Brasileira

Publicado em: 05/06/2018 às 15:00

Além de vencer pela Seleção o Panamericano de 2014, em Buenos Aires, Diogo Muller conquistou pela Unipar cinco títulos brasileiros, cinco paranaenses e dois Jogos Abertos

Paratleta Diogo Muller com colega de Seleção Brasileira durante conquista do Panamericano de 2014
Diogo carregando a tocha olímpica em 2016, na sua cidade natal de Céu Azul
Atleta já conquistou vários títulos brasileiros e estaduais pela equipe da Unipar

O paratleta Diogo Muller é um dos orgulhos de Céu Azul, no oeste do Paraná, onde nasceu há 28 anos. Respeito que se estende para Toledo, onde atua pelo time de Handebol em Cadeira de Rodas da Universidade Paranaense. Além de atleta, Muller é servidor público do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater, em Três Barras/PR.

Os treinos da equipe são realizados no complexo esportivo da Unipar, com acompanhamento do projeto de extensão AMA (Atividades Motoras Adaptadas), ligado ao curso de Educação Física.

“Nunca desisto até conseguir o que quero”, afirma o atleta. Por isso não desistiu dos sonhos quando, aos 16 anos, um acidente de trator levou à amputação da perna esquerda. “Da forma como aconteceu, esse foi o menor dos males”, diz, afirmando que superou muito rápido o trauma. “Não me abalou nenhum pouco mentalmente”.

Seis meses depois do acidente, Muller já circulava pela propriedade rural dos pais com a prótese. Terminou o ensino médio e, aos 18 anos, passou a cursar Agronomia. Durante o processo de recuperação, enquanto dedicava-se à fisioterapia, ele foi apresentado à Associação Toledense dos Atletas em Cadeiras de Rodas (Atacar) por um dos colegas. Imediatamente interessou-se pelo handebol em cadeira de rodas, um dos esportes mais qualificados da associação.

Começou como goleiro, mas hoje é um dos destacados armadores não só do time da Unipar e Atacar, mas também da Seleção Brasileira. Por ela disputou e venceu o Panamericano de 2014, em Buenos Aires. Ele tem no currículo, ainda, cinco títulos brasileiros, cinco paranaenses e dois Jogos Abertos. Por isso, foi o destaque quando a tocha olímpica passou por Céu Azul, em 2016, cabendo a ele fazer o trecho final até o palco.

Muller formou-se em Agronomia, em Cascavel. Atuou em cooperativa e, em setembro de 2016, assumiu o cargo conquistado por concurso no Instituto Emater, sendo designado para Três Barras do Paraná. Quando morava mais próximo a Toledo, os treinamentos estendiam-se a até três vezes por semana. Agora, os cerca de 130 quilômetros possibilitam uma ou duas vezes ao mês, ritmo que se intensifica às vésperas de competições. “Não é qualquer problema que me faz parar; desistir nunca”, diz o atleta vencedor.

Redes sociais>