UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
NOTÍCIA

Pesquisa: Acadêmicos de Direito são destaque em jornal jurídico

Publicado em: 16/05/2018 às 17:00

A elaboração de artigos e as publicações acrescentam experiência na formação dos estudantes

Acadêmicos do curso de Direito destacam-se pela qualidade das publicações
Acadêmico Pedro Henrique Marangoni
Acadêmico Felipe Espolador Scarpeta
Acadêmico Gabriel Trentini Pagnussat
Acadêmica Kamila Rezende
Acadêmico Max Xavier Rocinholi

No ensino superior, o acadêmico é incentivado à leitura, pesquisa e desenvolvimento de projetos. Diante disso, os estudantes de Direito da Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Umuarama, têm ganhado destaque pela qualidade das publicações no Caderno Jurídico.

Felipe Espolador Scarpeta, Pedro Henrique Marangoni, Gabriel Trentini Pagnussat, Kamila Rezende, Rafael Guimarães Ribeiro, Thiago dos Santos Oliveira e Max Xavier Rocinholi tornaram-se colunistas do respectivo jornal e publicam seus textos mensalmente.

O Caderno Jurídico tem como público advogados, bacharéis, juízes, policiais, promotores, procuradores, estudantes, jornalistas, professores, cartorários e demais operadores do Direito, circulando especificamente nos escritórios, fóruns, faculdades e outros órgãos públicos jurídicos.

A partir de um trabalho supervisionado pelo professor doutor Luiz Roberto Prandi, em parceria com o diretor geral do Caderno Jurídico, Anderson Spagnollo, os estudantes com interesse pela retórica jurídica podem escrever e publicar. “A premissa inicial foi trazer os estudantes para dentro de um jornal especializado no Direito, como ligação entre a teoria e a prática jurídica, buscando a discussão das matérias e assuntos vistos em sala de aula”, ressalta Spagnollo.

O acadêmico Pedro Henrique Marangoni afirma que a participação do debate proposto pelo jornal torna-se um diferencial na sua formação: “Ser colunista do Caderno Jurídico significa uma grande experiência para nosso crescimento pessoal, acadêmico e profissional. É uma oportunidade única”.

Para o professor Prandi, a produção desses materiais no ensino jurídico, seguida de publicação, é de suma importância: “Através dessa atividade, podemos aprofundar e acumular conhecimento”.

Redes sociais>