UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
NOTÍCIA

Nas Escolas: Direito fala sobre liberdade de expressão e mídias sociais

Publicado em: 04/05/2018 às 15:00

Projeto visa atrair alunos do ensino médio para temas de responsabilidade civil e criminal em relação aos atos praticados nas redes sociais

Colégio Cecília Meireles, de Ampere, foi uma das instituições beneficiadas pelo projeto
Colégio Cecília Meireles, de Ampere, foi uma das instituições beneficiadas pelo projeto
Colégio Cecília Meireles, de Ampere, foi uma das instituições beneficiadas pelo projeto

O curso de Direito da Universidade Paranaense - Unipar, Unidade de Francisco Beltrão, está fazendo uma série de palestras nas escolas do município e em cidades da região Sudoeste do Paraná. O tema não poderia ser mais pertinente para o momento: Liberdade de Expressão e Mídias Sociais.

A iniciativa faz parte do projeto ‘A Liberdade de Expressão na Comunidade Escolar’, que visa, por meio de palestras educativas, atrair os adolescentes de ensino médio de escolas públicas e privadas para temas de responsabilidade civil e criminal em relação aos atos praticados nas redes sociais.

De acordo com o professor Alexandre Magno, coordenador do curso de Direito, o tema é atual e requer uma análise quanto à forma de interpretação e os devidos cuidados na utilização das mídias sociais. 

“Em um momento em que todos gostam e fazem questão de manifestar suas opiniões nas redes sociais, a universidade sentiu a necessidade de demonstrar as reais consequências da liberdade de expressão nos espaços midiáticos”, afirma.

No colégio Cecília Meireles, de Ampere, a palestra contemplou alunos de 1º e 2º anos, que puderam tirar suas dúvidas quanto à postagem de informações, ideias, compartilhamento e as reais responsabilidades, as quais podem ter reflexos nos familiares (pais) em razão de eventuais prejuízos a terceiros quando da respectiva manifestação de pensamento. 

O coordenador salienta que o projeto proporciona ao público-alvo conhecer a realidade das mídias sociais, e, a título de precaução, busca motivá-los ao cuidado com a utilização das ferramentas virtuais, especialmente na manifestação de pensamentos e compartilhamento de notícias e matérias sem a devida análise da fonte.

"Toda e qualquer manifestação deve ser filtrada antes da publicação, para fins de se evitar eventuais problemas pessoais, problemas estes que poderão refletir em terceiras pessoas do seu próprio vínculo afetivo (pais e responsáveis), caso o declarante da informação não disponha de capacidade para o exercício de seus atos”, alerta. 

As escolas interessadas em receber o projeto podem entrar em contato pelo telefone (46) 3520 – 2800 ou pelos e-mails: direito-fra@unipar.br e alexandremagno@prof.unipar.br.

Redes sociais>