UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Farmácia da Partilha: Remédio de graça ajuda a aliviar orçamento das famílias

Publicado em: 10/04/2018 às 15:00

Se fossem comprados, medicamentos doados em 2017 pela farmácia custariam R$ 315 mil

Farmacêutica Fabiane entrega medicamentos para Dovílio Bernardo Albara
Farmacêutica Fabiane entrega medicamentos para a gestante Denise Nívea da Siqueira
Farmacêutica Fabiane: “Projeto conta com parcerias importantes”

O aposentado Dovílio Bernardo Albara, 67, morador do Bairro Vila Nova, há um ano é cliente da Farmácia da Partilha de Francisco Beltrão, projeto desenvolvido pelo curso de Farmácia da Universidade Paranaense – Unipar, em parceria com a Mitra Diocesana de Palmas-Francisco Beltrão.

É só lá que ele encontra gratuitamente um medicamento caro (Valsartana), utilizado para o tratamento de hipertensão arterial, que é prescrito para sua esposa. O remédio não é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e, se tivesse de ser comprado, com desconto pagaria em torno de R$ 80 nas farmácias comerciais.

"Eu trabalhei muitos anos como caminhoneiro, mas estou desempregado, a mulher sempre foi do lar e a aposentadoria mal cobre as despesas. A gente tenta economizar onde pode", conta.

A esposa toma entre oito e dez tipos de remédios e seu Dovílio tem desgaste na coluna ou bico de papagaio, como é conhecida a doença cientificamente definida por osteofitose, que surge nas vértebras da coluna, além de tomar medicamentos para colesterol e próstata.

Ele ficou sabendo da Farmácia da Partilha no posto de saúde do bairro e, sempre que tem uma receita do SUS em mãos, dá uma passada lá para ver se encontra o remédio que precisa.

No ano passado, a Farmácia da Partilha da Unipar atendeu 3.566 pessoas do município. A unidade dispensou 110.354 itens que se fossem comercializados teriam um valor de mercado de R$ 315.235,65. 

Remédios só para receitas do SUS

A farmacêutica Fabiane Meotti, responsável técnica, ressalta que todos os medicamentos são fornecidos gratuitamente, por serem amostras grátis oriundas de doações. Ela afirma que para obter esses medicamentos a Farmácia da Partilha depende de arrecadações dos consultórios e clínicas médicas, da Elofar - Indústria Farmacêutica, que contribui mensalmente, e da Unimed, parceira desde o início. “A pessoa leva o medicamente de graça para casa, bastando apresentar a receita, exclusivamente do SUS, e um documento pessoal”, informa.

Foi o que fez a gestante Denise Nívea da Siqueira, moradora do Bairro Miniguaçu, que pela primeira vez foi à Farmácia da Partilha e levou para casa quatro frascos de ferro composto. Ela tem intolerância ao sulfato ferroso, fornecido na farmácia pública, e deveria comprar o produto que está receitado até os primeiros meses após o parto. Ela relata que foi à Farmácia da Partilha orientada pela nutricionista da unidade básica de saúde. "Vou começar a vir sempre, é muito bom porque a gente economiza".

"Em alguns casos, quando o medicamento não faz parte da listagem do SUS, distribuímos de forma gratuita à população em geral, sempre priorizando os menos favorecidos", destaca a farmacêutica Fabiane. Segundo ela, os medicamentos mais dispensados são aqueles utilizados para distúrbios hormonais, anti-inflamatórios, diuréticos, antilipêmicos, para hipertensão e anticoncepcionais.

Farmácia fornecerá medicamentos fitoterápicos

O professor Volmir Pitt Benedetti, coordenador do curso de Farmácia da Unipar, afirma que a Farmácia da Partilha tem uma parceria com a Prefeitura para fornecimento de medicamentos fitoterápicos, que passarão a ser receitados nas unidades de saúde. O município fornecerá a planta e a Unipar fará o processamento através de um laboratório que será instalado na Universidade Paranaense. 

Outro serviço importante que a Farmácia da Partilha vai oferecer é a consulta farmacêutica para os pacientes cadastrados, que pegam medicamentos no local. Haverá orientação sobre o uso correto, as interações entre os medicamentos e os alimentos e orientações sobre hábitos saudáveis; também serão feitos exames rápidos de glicemia, pressão arterial, triglicerídeos, colesterol e cálculos de IMC (Índice de Massa Corporal). “A ideia é acompanhar o paciente durante o uso do remédio. A unidade também proporciona estágio para os acadêmicos do curso de Farmácia da Unipar”, informa o coordenador.
Benedetti destaca ainda a importância de as clínicas colaborarem doando medicamentos. “As caixas precisam ser lacradas e as pessoas que têm medicamentos sobrando em casa não podem doar, em virtude de uma norma da Vigilância Sanitária”. 

Serviço
O atendimento da Farmácia da Partilha é de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13h30 às 17 horas, anexa ao Serviço de Assistência Judiciária Gratuita (Sajug), na Travessa Universitária, 1881, no Bairro Industrial, em Francisco Beltrão. Para mais informações, ligue (46) 3520- 2800.

Redes sociais>