UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
OUVIDORIA TRABALHISTA

Acesso online:

Criar ou recuperar sua senha
NOTÍCIA

Inclusão digital: Cerca de 200 idosos já tiveram aula de informática na Unipar

Publicado em: 02/02/2018 às 16:00

Com o avanço das tecnologias, cada vez mais as pessoas da terceira idade buscam se conectar

Acadêmico de Sistemas de Informação tira dúvida de aluna do projeto: meta é ensinar para que a inclusão digital seja praticada, de fato
Estagiários do projeto também ensinam sobre benefícios e uso das ferramentas do celular
Acadêmicos foram treinados para ensinar os alunos do projeto a se beneficiarem do computador para as atividades do dia a dia
Acadêmicos foram treinados para ensinar os alunos do projeto a se beneficiarem do computador para as atividades do dia a dia
Acadêmicos foram treinados para ensinar os alunos do projeto a se beneficiarem do computador para as atividades do dia a dia
Laboratório de informática da Unipar: projeto disponibiliza vários computadores para as aulas

Partindo do princípio que não há idade para aprender e que a tecnologia está a serviço de todos, idosos estão buscando cada vez mais a interatividade no meio digital. Na Universidade Paranaense há espaço para isso.

Há treze anos, o curso de Sistemas de Informação oferece para a comunidade umuaramense o projeto ‘Terapia digital na terceira idade’. Supervisionados por professor, acadêmicos ensinam pessoas com idade superior a 60 anos a usar as ferramentas do computador, da internet e do celular.

O encontro é semanal, num dos laboratórios do curso, que dispõe de vários computadores. O projeto, que tem por objetivo a inclusão digital dos idosos, encerrou 2017 com balanço bastante positivo: reuniu aproximadamente 15 participantes e 14 estagiários, que foram treinados para monitorar as atividades práticas. Eles ensinam informática básica e a criar perfil nas redes sociais.

“Os idosos aprendem com os mais novos e vice-versa”, diz o coordenador, professor Leandro de Lima. “Nossos alunos tiram as dúvidas e incentivam os idosos a usar os meios digitais para se informarem, se entreterem e se relacionarem com outras pessoas; os resultados têm sido muito bons”, afirma, informando que o projeto já beneficiou cerca de 200 idosos. 

Segundo o professor, os que vêm às aulas trazem consigo muita empolgação e disposição para aprender: “Isso demonstra que nosso trabalho tem grande valor; considerando que vivemos numa sociedade informatizada e que os idosos estão ativos e interessados em acompanhar as novidades, o projeto da Unipar colabora para que eles se integrem, para que não fiquem alheios aos avanços tecnológicos”.

Entre outros benefícios da aprendizagem da informática na terceira idade, o professor Leandro aponta um crucial: o que leva o praticante a exercitar a mente, a memória. “Isso já foi comprovado cientificamente, ou seja, a informática colabora para a saúde mental, assim como para a saúde social, já que permite convívio harmônico entre os participantes do projeto”.

As aulas deste ano letivo começam em 19 de fevereiro e o projeto deve retomar as atividades em março. Os interessados podem se informar da data e horário pelo telefone 44 3621 2860. Não precisa fazer inscrição; é só comparecer.

Redes sociais>