UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
OUVIDORIA TRABALHISTA

Acesso online:

Criar ou recuperar sua senha
NOTÍCIA

Acadêmicas de Estética desenvolvem produtos fitocosméticos

Publicado em: 01/12/2017 às 15:40

Além do trabalho de criação, as equipes tiveram que se empenhar nas tarefas de gestão e financeiras para a viabilidade de mercado

Equipe apresenta cosméticos que produziram: a ordem é inovar para ganhar mercado
Acadêmicas exibem produtos criados: trabalho exigiu conhecimento e criatividade
Acadêmicas e seus fitocosméticos: produção pautada em diversidade e qualidade
Acadêmicas e seus fitocosméticos: Um olho na qualidade outro nas tendências do mercado

Acadêmicas do 4º ano do curso de Estética e Cosmética da Universidade Paranaense (Unipar), Unidade de Francisco Beltrão, tiveram o desafio de desenvolver uma linha de produtos fitocosméticos, que são cosméticos naturais elaborados com óleos, manteigas vegetais e extratos de plantas medicinais.

O trabalho fez parte das disciplinas de Aromaterapia e Fitocosmetologia, junto com Administração e Marketing, já que o exercício envolvia também a elaboração do controle financeiro voltado à produção, utilizando procedimentos técnicos atribuídos à parte comercial do trabalho.

Para isso, apresentaram os custos fixos e variáveis no desenvolvimento do produto, bem como a sua lucratividade, margem de contribuição, mark-up para formulação de preços, posicionamento do mercado, viabilidade da comercialização, público alvo, entre outros itens obrigatórios nesse processo.

De acordo com a professora Juliana Pelissari Marchi, coordenadora do curso, a atividade não consistiu só na elaboração dos produtos, mas, também, na apresentação aos colegas de curso, justificando o motivo da escolha dos componentes, suas propriedades medicinais e metodologia de produção. Ou seja, despertou a visão empreendedora e de oportunidades de negócio.

“A atividade levou as acadêmicas a pensar nas oportunidades de mercado a serem exploradas em nossa região por conta dos produtos naturais, que têm significativa representatividade no mercado de cosméticos”, conta a coordenadora.

Segundo ela, essa ligação entre teoria e prática “torna o aprendizado mais dinâmico e oferece um ganho significativo na hora de entrar em ação, evidenciando pontos fortes e fracos de cada atividade, atribuindo ao grau de conhecimento adquirido, possibilitando a criação estratégica de negócios”.

Como critério de avaliação, foi levada em consideração a coerência da formulação, aparência do produto, embalagem, custos aplicados, marketing, oportunidade de mercado e convencimento do consumidor final. Um ponto de grande destaque, disse a professora Juliana, foi o envolvimento dos demais alunos com relação aos produtos apresentados e a grande oportunidade de entrar no mercado com produtos que podem, verdadeiramente, serem comercializados.

A atividade foi proposta e organizada pelos professores Fábio Córdova e Mardjori Hellmann.

Redes sociais