UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
OUVIDORIA TRABALHISTA

Acesso online:

Criar ou recuperar sua senha
NOTÍCIA

Teatro Musical: Estudantes de Pedagogia encenam releituras de clássicos

Publicado em: 08/09/2017 às 15:10

A Fantástica Fábrica de Chocolates e O Rei Leão encantaram a plateia no anfiteatro da Unipar

Musical O Rei Leão arranca aplausos do público formado por crianças e adultos
Musical A Fantástica Fabrica de Chocolate encanta público
Crianças e adultos se encantam com apresentações
Professores José Ricardo Skolmovski e Inês Altenhofen com os personagens

Estudantes do curso de Pedagogia da Universidade Paranaense, Unidade de Guaíra, encantaram o público com apresentações teatrais. No palco do anfiteatro da Unipar, eles interpretaram releituras de dois clássicos musicais: A Fantástica Fábrica de Chocolates e O Rei Leão. Professores, estudantes e seus familiares, colaboradores da Instituição e pessoas comunidade prestigiaram a performance dos alunos (em 30 e 31/8).

A atividade cultural foi coordenada pela professora Elisabete Ribeiro, que ministra a disciplina Teoria e Prática de Artes e Literatura. “Nossa proposta foi unir as práticas salientadas nos parâmetros curriculares nacionais de artes e literatura às ações que visam o desenvolvimento de um trabalho lúdico e dinâmico, a fim de proporcionar aos alunos experiências de teatro, arte e música”, explica a professora.

“Nosso curso possibilita a articulação de seus conteúdos teóricos e práticos em experiências como esta, que sensibiliza e comunica algo não só a quem aprecia o produto final, mas especialmente aos nossos futuros pedagogos, que planejam, pesquisam e criam uma arte nunca vista até então, enriquecendo ainda sua formação”, ressalta o coordenador do curso, professor José Ricardo Skolmovski.

Segundo ele, o resultado da atividade superou as expectativas. “Esta é apenas uma das pequenas facetas da extensão de valores agregados a aplicabilidade do curso, o qual tem tentado construir a cada dia, de maneira dinâmica e ativa, seguindo os passos da sociedade em que vivemos”.  

Redes sociais