UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
OUVIDORIA TRABALHISTA

Acesso online:

Criar ou recuperar sua senha
NOTÍCIA

Pesquisa sobre cultura indígena integra Engenharia Civil e Sistemas de Informação

Publicado em: 27/04/2017 às 17:40

Acadêmicos desenvolveram trabalhos com intuito de entender as tradições, hábitos e crenças dos índios

Acadêmicos apresentam os protótipos de Malocas
Acadêmicos tocam a música Índio, da banda Legião Urbana
Acadêmicos tocam a música Índio, da banda Legião Urbana
Acadêmicos tocam a música Índio, da banda Legião Urbana
Acadêmicos tocam a música Índio, da banda Legião Urbana
Acadêmicos cantam a música Índio, da banda Legião Urbana
Acadêmicos cantam a música Índio, da banda Legião Urbana
Acadêmicos cantam a música Índio, da banda Legião Urbana
Em grupo, acadêmicos analisam e discutem a letra da música
Em grupo, acadêmicos analisam e discutem a letra da música
Em grupo, acadêmicos analisam e discutem a letra da música
Em grupo, acadêmicos analisam e discutem a letra da música
Em grupo, acadêmicos analisam e discutem a letra da música
Fotos tiradas pelos alunos são expostas na universidade
Fotos tiradas pelos alunos são expostas na universidade
Fotos tiradas pelos alunos são expostas na universidade
Fotos tiradas pelos alunos são expostas na universidade
Fotos tiradas pelos alunos são expostas na universidade
Fotos tiradas pelos alunos são expostas na universidade
Acadêmicos apresentam os protótipos de Malocas
Acadêmicos apresentam os protótipos de Malocas
Acadêmicos apresentam os protótipos de Malocas
Professores orientam os acadêmicos
Professores orientam os acadêmicos
Professores orientam os acadêmicos
Professores orientam os acadêmicos
As professoras Michele dos Santos e Allana Mendes e acadêmicos
Turmas de Sistemas de Informação e Engenharia Civil
Turmas de Sistemas de Informação e Engenharia Civil

Na busca por enriquecer ainda mais o conhecimento dos acadêmicos, os cursos de Sistemas de Informação e Engenharia Civil da Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Paranavaí, se uniram em uma atividade integrada. Foi proposto às turmas um trabalho de pesquisa sobre a cultura indígena, utilizando a metodologia TBL (Team Based Learning), que em português significa Ensino Baseado em Equipes.

“Nossa proposta baseou-se na etnomatemática, que é a arte de explicar, de entender, de desempenhar dentro de um contexto cultural etno. E escolhemos a cultura indígena por ser notória a presença de índios na cidade de Paranavaí e região, o que chama a atenção da sociedade por conta de seus costumes, sendo importante que saibamos sobre seu modo de viver, suas tradições, seus hábitos e crenças”, explica a professora Michele dos Santos, idealizadora da ideia.

A atividade, com o nome #Programadeíndio, foi trabalhada em etapas, sendo que na primeira os acadêmicos se reuniram em uma roda de música e, ao som de violão e cajón, cantaram a música ‘Índios’, da banda Legião Urbana. Em seguida, foi pedido então para que cada aluno grifasse a parte da letra que considerasse importante. Num outro momento, eles discutiram em pequenos grupos o porquê dos destaques feitos, argumentando sobre a interpretação que fizeram. Na sequência, a professora lançou algumas questões e os grupos puderam expressar, argumentar e construir o próprio conhecimento a partir de interpretações que fizeram.

“A atividade foi tão bem aceita pelos acadêmicos que elaboramos outras atividades”, conta a professora. Na etapa seguinte, os acadêmicos de Sistemas de Informação foram desafiados a produzirem um documentário e a participarem de uma jornada fotográfica a respeito da cultura indígena.

Já o curso de Engenharia Civil participou do desafio Maloca, que na língua tupi-guarani quer dizer casa ou residência fixa de índio. Os acadêmicos construíram o protótipo de uma Maloca, em que tiveram que pesquisar a respeito da cultura indígena e tipo de material utilizado pelos índios para a construção de suas casas. Para a apresentação, eles produziram vídeos da construção do trabalho, evidenciando as pesquisas realizadas, bem como os cálculos e custos do projeto.

Para apresentação dos trabalhos, os acadêmicos de ambos os cursos se reuniram no Dia do Índio (19/4). O evento foi conduzido pelos professores Tiago Bonetti, Michele dos Santos e Wyllian Fressatti, do curso de Sistemas de Informação, e pela coordenadora do curso de Engenharia Civil, professora Allana Mendes, com apoio do funcionário Paulo Soares, do Prove.

“Após a apresentação, os alunos do colégio Sesi ficaram sabendo do projeto via facebook e entraram em contato conosco para saber mais a respeito e pedir permissão para apresentar a iniciativa aos demais alunos do Sesi. Na ocasião, o Prove aproveitou a oportunidade para divulgar os diferenciais do curso de Sistemas de Informação”, ressaltou a professora Michele, que ficou satisfeita com os resultados. Segundo ela, as atividades do projeto #Programadeíndio continuam e neste bimestre os alunos de Sistemas de Informação foram desafiados a pesquisarem sobre jogos matemáticos de tabuleiros indígenas e africanos e transformá-los em uma versão virtual.

Redes sociais