Publicada em: 25/07/2014 às 16:25

Cascavel: Ex-aluna de Enfermagem recebe homenagem do Governo do Estado

Aparecida Santana atua no tratamento de feridas crônicas, utilizando produtos fitoterápicos e novas tecnologias

Aparecida Santana recebe placa de homenagem

Aparecida Santana recebe placa de homenagem

A dedicação no tratamento de feridas crônicas às pessoas acometidas pela hanseníase e disponibilidade para capacitar profissionais de saúde rendeu a enfermeira Aparecida Santana e sua equipe, placa de homenagem concedida pela Secretaria de Saúde do Estado do Paraná. A ex-aluna da Universidade Paranaense – Unipar, graduada em 2004 pela Unidade de Cascavel, atua na prefeitura de Toledo, em ambulatório para o tratamento e recuperação de pacientes com feridas crônicas, cujo foco é reestabelecer o bem-estar físico e mental.

A enfermeira enfatiza que, durante a graduação, teve a oportunidade de fazer estágios em hospitais e associações e conhecer a Associação dos Ostomizados: “Eu me identifiquei com esta especialidade, conheci muita gente empenhada neste trabalho e acabei fazendo meu TCC na área. Pelos professores fui incentivada a reconhecer os campos de afinidade, participar de congressos e fundamentar minha carreira; posso dizer que o curso de Enfermagem da Unipar abriu portas para que me tornasse uma profissional respeitada, capacitada e empenhada, que valoriza a dignidade em cada paciente, respeita e ouve com paciência a história de cada um”.

Pela oportunidade que teve de conhecer a área de tratamento de feridas crônicas, suas experiências, contatos e capacitações, Aparecida foi quem iniciou em Toledo o projeto de tratamento de feridas, hoje composto por um ambulatório especializado e uma equipe capacitada e treinada.

“Em parceria com a Regional de Saúde de Toledo, participei de capacitações, como parte da equipe do programa hanseníase de atenção básica, e passamos a proporcionar o aprendizado a profissionais de 18 municípios, com treinamentos práticos, palestras e oficinas”, conta a egressa, que é especialista em Estomaterapia: Ostomia, feridas e Incontinências.

A coordenadora do projeto Acompanhando o Egresso de Enfermagem, professora Andrea Monastier, ressalta que, para o corpo docente, é uma grande satisfação ver os ex-alunos, frutos da casa, atuando como profissionais de forma competente, levando o nome do curso de Enfermagem, da Universidade e da própria profissão: “Hoje destacamos e parabenizamos a acadêmica Aparecida, egressa da 1a turma de Enfermagem de Cascavel, por sua competência e dedicação a esta profissão tão fundamental na vida do ser humano”.

Publicada em: 25/07/2014 às 15:20

Paranavaí: Serviços do PAE têm boa procura por estudantes

Com atendimento noturno, projeto de Enfermagem presta vários serviços para a comunidade interna

Alunas são as que mais procuram o serviço

Alunas são as que mais procuram o serviço

Desde que entrou em funcionamento, o Pronto Atendimento Escola (PAE) da Universidade Paranaense - Unipar tem tido boa receptividade, na Unidade de Paranavaí. Projeto do curso de Enfermagem, tem como objetivo principal atender no quesito saúde/doença a comunidade universitária, incluindo-se alunos, professores e funcionários durante o período noturno.

Os atendimentos são prestados pela Responsável Técnica, enfermeira Jaqueline Paes e envolve verificação da pressão arterial, consultas de enfermagem com identificações de problemas como infecção urinária, hipotensão, quadros de ansiedade e estresse, principalmente em períodos que antecedem as avaliações oficiais e durante as avaliações oficiais.

"Outras situações, como quadros de cefaleia, enjoo, náuseas, vômito e dores corporais, são atendidas e quando é necessário intervir medicamentosamente ou observa-se quadro clínico que é indispensável a intervenção médica é contatada a família e o aluno ou funcionário é encaminhado para atendimento de saúde em Pronto Atendimento Municipal ou para hospitais do município", esclarece a coordenadora do curso de Enfermagem, professora Simone Baggio.

Ela faz balanço positivo dos serviços prestados: "Percebe-se que a comunidade acadêmica se sente segura com este serviço e muitos acadêmicos, principalmente alunas, procuram as orientações de enfermagem para problemas de saúde ou dúvidas de ordem ginecológica, obstétrica e sexual".

Durante o primeiro semestre letivo deste ano foram realizados 86 atendimentos e 37 orientações relacionadas à saúde da mulher.

Destaca-se, ainda, atividades desenvolvidas pelo PAE com envolvimento de alunos do curso de Enfermagem que visa à saúde dos funcionários, como vacinação contra o vírus influenza e demais vacinas, conforme preconizado para o adulto pelo Ministério da Saúde, e agendamentos para coleta de material para o exame papanicolau.

Publicada em: 25/07/2014 às 14:00

Umuarama: Aula especial de Estética aborda diversidades étnico-raciais

Estudantes do 1o ano estudaram, se produziram e exibiram, em desfile, os diferentes padrões de beleza

Acadêmicas apresentaram e representaram anos 70

Acadêmicas apresentaram e representaram anos 70

Focado em levar conteúdos diferentes para seus estudantes e fazê-los executar atividades práticas, o curso de Estética e Cosmética da Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Umuarama, promoveu uma aula sobre diversidades étnico-raciais.

Coordenadas pela professora Luiza Kaori Onada, a aula reuniu estudantes da 1ª série e contemplou a disciplina de Imagem Pessoal, abordando diferentes comportamentos em relação à produção de beleza de décadas passadas.

Levando para a prática o que foi visto em sala de aula, as acadêmicas foram divididas em equipes, cujos temas distintos foram distribuídos e o desafio era realizar apresentação para a turma com o conteúdo relacionado ao tema, sua época e etnia, além de roupas e acessórios que remetessem à época.

Dentre os temas, destacaram a beleza sob o prisma da cultura japonesa, da mulher grega, romana, indiana e negra; também deram um giro pelos padrões dos anos 60, 70 e 80.

Publicada em: 25/07/2014 às 10:00

Dia da Vovó será comemorado no auditório da Aciu, hoje

Evento começa às 14h; Unipar apoia, levando vários serviços

Dia da Vovó: Programação

Dia da Vovó: Programação

Antes programado para acontecer hoje (25) na Praça Hênio Romagnolli, o evento para comemorar o Dia da Vovó agora será realizado no auditório da Aciu, das 14h às 17h. A mudança foi realizada para preservar a saúde e o bem-estar das senhoras que devem participar da ação, que é uma organização do Conselho da Mulher Empresária e Executiva da Aciu.

Segundo Carina Previato, presidente do Conselho, as atividades programadas não sofrerão alteração. “Fizemos questão de mudar o local das ações apenas porque a previsão é de que faça muito frio, com possibilidade inclusive de garoa. Então ficamos preocupadas e resolvemos trazer nossas vovós para dentro da Aciu”, detalha.

Sem custo algum para as participantes, o Dia da Vovó na Aciu vai disponibilizar vários serviços e mimos às vovós, como design de sobrancelha, maquiagem, massagem, alongamento, aferição de pressão arterial, teste de glicemia e dicas sobre alimentação saudável. “Os acadêmicos da Unipar, sempre excelentes parceiros, vão cuidar de todas elas. Também vamos contar com apoio da equipe da Redefarma e do Sesc”, conta Carina, lembrando que ao final será servido um café da tarde completo, oferecido pela rede de supermercados Planalto.

Da Assessoria de Imprensa/Aciu

Publicada em: 24/07/2014 às 16:19

Cascavel: Simpósio de Implantodontia traz atualizações em saúde

Evento aprimora conhecimentos científicos e mostra inovações específicas; doutores de Curitiba, Cascavel e São Paulo palestraram

Coordenador do curso de Odontologia, professor Laerte Bremm, um dos palestrantes

Coordenador do curso de Odontologia, professor Laerte Bremm, um dos palestrantes

‘Reabilitações em Mandíbula Posterior’ foi o tema do II Simpósio de Implantodontia Neodent/Unipar/Geistlich, realizado no anfiteatro da Universidade Paranaense. O evento foi promovido pelos cursos de pós-graduação em Implantodontia e de graduação em Odontologia da Unipar. Não foram cobradas inscrições e para participar, estudantes e cirurgiões-dentistas contribuíram com lata de leite NAN e água sanitária, doação feita ao Lar dos Bebês de Cascavel.

Diversos temas foram abordados, por professores da casa e profissionais de fora, como a Dra. Thayne Yamamoto, docente da USP (Universidade Estadual de São Paulo). A cirurgiã-dentista, que também é assistente do departamento científico da Geistlich Pharma do Brasil, falou sobre ‘Aumentos verticais e horizontais em mandíbula utilizando biomateriais e enxerto autógeno’.

O coordenador da graduação em Odontologia, e coordenador da especialização da Unipar, professor Dr. Laerte Bremm, também ministrou palestra, enfocando ‘Protocolo X Lateralização do nervo alveolar inferior? Evidências científicas na tomada de decisão clínica’. O público também prestigiou discussões com a professora Dra. Daniela Boleta, sobre ‘Aplicabilidade do conhecimento da fisiologia do nervo alveolar inferior na implantodontia’, e com o professor Dr. Sérgio Bernardes, consultor científico da Neodent, que discorreu sobre ‘Implantes curtos: solução baseada em evidências científicas’.

O evento faz parte da programação do curso de especialização em Implantodontia da Unipar e pela importância dois assuntos abordados foram estendidos à comunidade acadêmica e aos dentistas da região. “É uma oportunidade para os profissionais e acadêmicos reciclarem seus conhecimentos em Implantodontia, sem necessitar se deslocar a grandes centros; foi uma forma de a Unipar contribuir com a odontologia da região, possibilitando aprendizado aos participantes aliada à possibilidade de contribuir com a qualidade de vida das crianças em risco social”, enfatizou o Dr. Bremm.