UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 

0800 601 4031

NOTÍCIA

Chama acesa: Enfermagem promove Cerimonial de Passagem da Lâmpada

Publicado em: 11/07/2019 às 16:00

Inspirar e promover reflexão são objetivos do evento, protagonizado por alunos do último ano do curso

Cerimônia da Lâmpada: evento reúne acadêmicos formandos
Lâmpada principal utilizada para dar início ao ritual
Padre Emerson Dettoni, que se encarregou do cerimonial litúrgico
Coordenadora do Curso, professora Lediana Dalla Costa, repassando a chama para as formandas

Um ritual inspirador, que fortalece o desenvolvimento pessoal, profissional e espiritual dos participantes. Assim estudantes e professores de Enfermagem Universidade Paranaense - Unipar, Unidade de Francisco Beltrão, resumem a missão da Cerimônia da Lâmpada, evento anual do curso.

Assim como nas edições anteriores, o evento deste ano reuniu familiares dos alunos de Enfermagem, entre outros convidados. De forma ecumênica, o padre Emerson Dettoni conduziu a liturgia. Os cânticos foram vocalizados pelos seminaristas Diego Garcia, Gabriel Belisário e Emerson Froder.

A cerimônia histórica de passagem da lâmpada baseia-se na história da enfermeira Florence Nightingale que, durante a Guerra da Crimeia (1853/1856), quando muitos soldados morriam por falta de higiene e cuidados básicos, conseguiu reduzir expressivamente o índice de mortalidade entre eles. Ela ficou conhecida como a ‘Dama da Lâmpada’, em decorrência de suas visitas noturnas aos leitos dos doentes.

O objetivo da realização da Cerimônia da Lâmpada, segundo a coordenadora do curso, professora Lediana Dalla Costa, é demonstrar aos futuros enfermeiros que, “ao escolher essa profissão, assumem o compromisso de manterem sempre acesa a chama de uma busca incessante para obtenção do conhecimento científico, assim como a responsabilidade em acolher e cuidar dos seres humanos de forma holística e humanizada”.

Dando início ao ritual, ela acendeu a lâmpada principal. “A chama acesa foi passada aos professores e sequencialmente aos formandos do curso. Cada um dos formandos recebeu uma rosa branca, símbolo da pureza e, posteriormente, reproduziram o gesto e disseminaram a chama para todos os colegas do curso. Foi emocionante!”, conta.

Ao final, elogiou os alunos pela dedicação ao curso e aos pais, por considerar a Unipar a melhor opção para a qualificada capacitação profissional dos seus filhos: “É chegada a hora de transmitirmos a vocês o conhecimento e a responsabilidade de permear a arte do cuidar. Escolhi servir ao próximo porque sei que todos nós um dia precisamos de ajuda; escolhi ser enfermeira porque amo e respeito a vida; e assim espero que todos o façam”.

Redes sociais>