UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 

0800 601 4031

NOTÍCIA

Curso livre de Perícia Judicial tem procurador do Estado no corpo docente

Publicado em: 22/04/2019 às 16:00

Além de Helton Lustoza, o juiz do Tribunal de Justiça do Paraná, João Alexandre Zarpellon, o perito Anselmo Luiz Pedrangelo e a professora Isabel Gozer vão compartilhar suas experiências com a turma

Procurador Helton Lustoza

Considerados excelentes oportunidades para o aprimoramento das habilidades profissionais e atualização de conhecimentos, por serem rápidos e direcionados, os Cursos Livres da Unipar continuam com as inscrições abertas. São várias opções.

Na área de Contabilidade, um deles é o Curso de Capacitação em Perícia Judicial, com a carga horária de 16 horas/aula. Autorizado pelo CFC (Conselho Federal de Contabilidade), o curso tem em seu corpo docente profissionais com alto nível de conhecimento: o juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Paraná, João Alexandre Zarpellon, o perito e contador Anselmo Luiz Pedrangelo, o procurador do Estado do Paraná, professor Helton Lustoza, e a professora da Unipar, doutora Isabel Gozer.

“O curso se justifica pelo fato de que o tema raramente é abordado na graduação, sendo que em muitas situações a função exercida pelos peritos judiciais acabam gerando uma série de dúvidas nos acadêmicos e nos próprios profissionais”, argumenta o professor Helton Luztoza, ressaltando que o campo de atuação é amplo. “Ele pode atuar na esfera estadual e federal, inclusive na Justiça do Trabalho, lembrando que todas as esferas são distintas, tanto no tratamento quanto no método a ser utilizado para elaboração do laudo”.

No primeiro módulo do curso, o juiz João Alexandre abordará as principais normas que regulamentam a profissão, mediante uma análise didática das regras processuais. No segundo, o perito Anselmo Luiz apresentará modelos de laudos, roteiro do serviço, regras de nomeação e término do trabalho e recebimento total dos honorários.

“Levando em conta que uma boa perícia judicial depende dos conhecimentos do profissional sobre as rotinas forenses, a fim de qualificar seu trabalho, bem como das normas de perícias, este curso pretende apresentar um panorama sobre as perícias judiciais, abordado as questões jurídicas e técnicas sobre o assunto”, enfatiza o procurador do Estado.

Podem se inscrever advogados, estudantes, administradores, contadores, economistas, engenheiros civis, agrônomos, médicos, arquitetos, engenheiros de segurança, médicos do trabalho, profissionais da área de meio ambiente, entre outros.

Com número de vagas limitado, apenas 40, o curso terá aulas em regime semanal. Mais informações e inscrições neste site, no link da Pós-graduação, Cursos Livres.

Redes sociais>