UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 

0800 601 4031

NOTÍCIA

Cianorte: Moda finaliza projeto ‘Folia de Reis’

Publicado em: 17/09/2010 às 17:20

Projeto de extensão contou com a colaboração de quarenta estudantes. Trinta peças foram confeccionadas e ‘estreadas’ no desfile do Dia da Independência

Companhia Folia de Reis de Vidigal recebe o novo figurino
Equipe caprichou nos bordados e coloridos
Equipe caprichou nos bordados e coloridos
Equipe caprichou nos bordados e coloridos
Maria, anjos, palhaços: figurino diversificado e impecável
Maria, anjos, palhaços: figurino diversificado e impecável
Maria, anjos, palhaços: figurino diversificado e impecável
Equipe caprichou nos bordados e coloridos
Equipe caprichou nos bordados e coloridos
Equipe caprichou nos bordados e coloridos
Equipe caprichou nos bordados e coloridos
Projeto criou novas roupas para grupo de folia de reis

A equipe do curso de Design de Moda da Universidade Paranaense – Unipar, Campus Cianorte, envolvida no projeto de extensão cultural e social ‘Resgate a Folia de Reis – Três Reis Santos’, está comemorando os bons resultados do trabalho realizado na confecção do figurino para a Companhia Folia de Reis de Vidigal.

Após demorada pesquisa, desenvolvimento das peças, da criação aos bordados, passando pela modelagem, corte e montagem, e dos acessórios, como coroas, máscaras, chapéus, asas de anjos e espadas, o grupo da Unipar pôde entregar as trinta peças prontas (em 29/8).

A ideia de investir no projeto surgiu após visita ao grupo de Vidigal (distrito de Cianorte). “Por manterem essa tradição e por percebermos que o trabalho deles é sério e importante no contexto da cultura popular, resolvemos colaborar”, justifica a coordenadora, professora Márcia Ruiz. O figurino compreendia as roupas para Jesus e Maria, palhaços, anjos, reis e tocadores.

“O prazo que nos foi estipulado para entrega foi o final do mês de agosto. Os foliões queriam utilizar as novas roupas no desfile de 7 de Setembro. Foi corrido, mas conseguimos cumprir o cronograma”, orgulha-se a professora. “Foi contagiante ver a expressão de felicidade no rosto dos foliões no momento em que as peças eram apresentadas”, emenda.

O responsável pela Companhia, Natal de Oliveira Ribas, ficou bastante emocionado diante do conjunto de peças. “Agora a equipe está preparada para participar de todos os concursos de folia de reis que acontecerem pelo Brasil a fora”, diz, eufórico. O grupo é um dos poucos do Paraná que preserva a tradição.

Redes sociais>