UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Cascavel: Sipat traz palestra sobre os malefícios das drogas

Publicado em: 31/05/2010 às 15:52

O doutor Antonio Carlos Brandão destacou a importância do amor ao próximo, principalmente o da família, para a superação de todos os males

A diretora do Campus, professora Débora Venturin, com o palestrante e membros da equipe da CIPA
A presidente da Cipa, Ligia Gregini, entrega mimo para o palestrante

Provas de solidariedade, conhecimentos gerais, dublagem e entretenimento marcaram a 9ª edição da SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) da Universidade Paranaense – UNIPAR. Uma palestra sobre ‘Drogas e os seus malefícios’, ministrada pelo advogado doutor Antonio Carlos Brandão, também prendeu a atenção dos participantes.

O professor relacionou o uso de drogas à ausência de políticas públicas e incentiva a sociedade a lutar pela consciência de patriotismo e a votar com sabedoria: “Sem exercer a cidadania deixamos de lado elementos essenciais para a boa convivência”.

Vários dados em relação ao número de usuários, tipo de drogas que circulam e idade vulnerável foram apresentados. Segundo a estatística, o Brasil é o segundo maior consumidor de cocaína do mundo e por onde mais a droga atravessa para chegar a outros países.

O palestrante lembrou a frase do escritor Paulo Freire: a característica do povo brasileiro é a alegria. Com esta introdução falou sobre o fascínio que exerce a cerveja, que, apesar de boa, deteriora a sociedade. “O amor é a solução para todos os males. Devemos aceitar as pessoas com elas são.”

O doutor apresentou um comovente depoimento de um adolescente com overdose. Ele viu a morte de perto: “A droga é uma viagem fatal, quase sempre não deixa a gente retornar e recomeçar. Absolutamente ela não é a solução para nada. Escraviza e anula a felicidade e a liberdade. Ela é opção dos trouxas, destruição das ambições, do afeto, da saúde e da vida”.

Também apresentou o resultado de uma pesquisa, mostrando que o principal motivo que leva alguém a usar drogas é o conflito familiar. Outra informação importante é que sem ajuda não se larga o vício. “Muitos têm uma casa, poucos têm um lar”, complementou.

Para encerrar a palestra, organizada pela CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), o doutor focou as consequências do uso de drogas no organismo, na pele e na vida.

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h30 às 12h e 13h às 17h30
Sáb. das 08h30 às 12h30
Ou ligue: 0800 601 4031