UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Cascavel: cursos da saúde interagem em aula magna

Publicado em: 07/05/2010 às 10:11

Evento colocou em evidência o resgate dos valores humanos. Turmas de Biomedicina, Ciências Biológicas, Enfermagem, Estética e Cosmética, Odontologia e Psicologia prestigiaram

A psicóloga Elaine destaca abusos cometidos em pesquisas envolvendo seres humanos
Professora Débora abre a primeira Aula Magna dos cursos da Saúde
Com discurso, professor Laerte representa os cursos
Professora Débora, com os coordenadores de cursos: Laerte, Nelsi Tonini, Sôia de Mello, Ana Paula Andreazza, Diocleide Silva e Ricardo Abrão

A Universidade Paranaense – UNIPAR, Campus de Cascavel, realiza a primeira Aula Magna em conjunto da área da saúde, envolvendo todos os cursos: Biomedicina, Ciências Biológicas, Enfermagem, Estética e Cosmética, Odontologia e Psicologia. O tema do evento foi ‘Ética e atuação profissional’.

A diretora do Campus, professora Débora Venturin, expôs sua alegria e parabenizou os coordenadores de cursos por aceitarem o desafio: “Essa Aula é um marco para a Universidade. Estamos felizes por promover o networking, oportunizando aos colegas de profissão se conhecerem e que a troca de experiências possa ajudá-los, futuramente, no mercado de trabalho”.

A diretora cumprimentou o curso de Ciências Biológicas pela consideração feita pelo MEC, recentemente: A UNIPAR tem alunos que confiam e acreditam em seus professores, na educação que recebem e na Instituição. “Isso nos motiva para seguirmos nosso trabalho como sempre, com determinação e competência”, declarou.

Representando os cursos, o coordenador do curso de Odontologia, professor Laerte Bremm, falou da satisfação por participar de um grupo coeso e qualificado: “No Oeste do Paraná, a área da saúde é forte, destacando-se até no cenário internacional. O nosso objetivo é contribuir para o avanço de técnicas e procedimentos, para que possamos ter cada vez mais acertos”.

Para palestrar foi convidada a fisioterapeuta Elaine Paulin, de Santa Catarina. A doutora, que é ex-professora da UNIPAR, onde foi membro do Comitê de Ética, introduziu a palestra com uma contextualização: “Ética significa o que é bom para o indivíduo e para a sociedade e é imprescindível em qualquer relacionamento”.

A pesquisadora destacou a beneficência, a não-maleficência e a justiça, como princípios básicos para a boa atuação. Também ressaltou a importância de se ter limites perante às novas descobertas tecnológicas.

Segundo ela, é fundamental que a verdade seja exposta e que se aprenda com o passado. “Devemos nos lembrar dos abusos cometidos por nazistas e japoneses, casos de esterilização, hipotermia e extermínio”, diz. E questionou: “Será que este comportamento, espalhado na comunidade científica, é fruto do momento da guerra, quando as regras de decência e respeito pela dignidade humana tendem a ser enfraquecidas?”.

Para que houvesse mais respeito pelos seres humanos e animais, surgiram os comitês de ética. Conforme explica, no Brasil, o órgão foi criado devido aos abusos cometidos pelos americanos contra os brasileiros, população pobre e vulnerável. “Precisamos resgatar os valores humanos de solidariedade, tolerância, paciência, perseverança, honestidade, responsabilidade e lealdade, com atitudes questionadoras e críticas”, atenta.

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h às 14h20
Sáb. das 8h às 12h
Ou ligue: 0800 601 4031