UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Cascavel: Chefes de departamentos participam de capacitação

Publicado em: 04/05/2010 às 15:20

Em contato com a natureza, os colaboradores puderam refletir sobre a vida profissional e pessoal. A atividade foi orientada pela psicóloga Sônia Pego, de Cianorte

A psicóloga Sônia Pego ministra treinamento para a direção, coordenadores de cursos e chefes de departamentos
Atividade exigiu bom desempenho em equipe
Atividade exigiu bom desempenho em equipe
Atividade exigiu bom desempenho em equipe
Atividade exigiu bom desempenho em equipe
Atividade exigiu bom desempenho em equipe
Atividade exigiu bom desempenho em equipe
Atividade exigiu bom desempenho em equipe
Momento de confraternização
Momento de confraternização
Atividade exigiu bom desempenho em equipe
A diretora do Campus, professora Débora (de preto), com a psicóloga, Sônia

‘Atitude não se compra... se desenvolve’. Este foi o tema do programa de treinamento de qualidade de vida no trabalho, desenvolvido pela Universidade Paranaense – UNIPAR, Campus de Cascavel. Para ministrar a atividade, dirigida a chefes de setores, foi convidada a psicóloga Sônia Pego, de Cianorte.

Revista usada, tesoura, cola, barbante, canetinha e papel sulfite foram os materiais oferecidos para a dinâmica de grupo, que teve como objetivo promover uma reflexão sobre o papel de cada funcionário na Universidade.

De forma individual, foram recortadas palavras e figuras que representam o que foi vivenciado durante o tempo de trabalho na Instituição. Uns, com mais de dez anos de casa, e outros, com alguns anos ou meses. Todos com algo bom para testemunhar.

No decorrer da dinâmica, a psicóloga questionou: O que é relacionar-se? O que sou eu, enquanto comunidade? Enquanto pai de família? Enquanto igreja? E enquanto colaborador da UNIPAR?

Pós-graduada em saúde e qualidade de vida no trabalho, a palestrante destacou que, além de propor o conhecimento de si e do outro, a atividade exige respeito ao colega e aos seus sentimentos. “Cada um tem o seu momento e o seu espaço”, afirma, ressaltando que para se conviver em grupo é preciso respeitar regras.

Empenho e muito diálogo foram fundamentais para atingir o objetivo final: montar uma colcha de retalhos com o trabalho de cada um, prendendo com uma trança feita de barbante. “O trabalho foi muito rico. Adorei estar com vocês”, disse Sônia, acrescentando que a qualidade de vida no trabalho é um importante requisito para que a pessoa obtenha sucesso e satisfação.

A diretora do Campus, professora Débora Venturin, participou das provas. Segundo ela, é fundamental a integração entre a parte gestora, de coordenadores e funcional: “Com conhecimento do outro é mais fácil trabalharmos em equipe e, com apoio, quem tem a ganhar é a Instituição”.

No fim da tarde, todos demonstraram um espírito de leveza. O funcionário do Departamento de Vigilância e Segurança Patrimonial, Ney Alves, levou a experiência no coração: “Foi um máximo. É gratificante saber que convivemos com pessoas que têm habilidades diferentes e aprender a dar valor a cada um”.

Vários pontos foram levantados após a apresentação dos trabalhos. Segundo a psicóloga, cada um demonstrou uma preocupação. O que estamos fazendo para a engrenagem crescer? O que estamos deixando para os nossos filhos? O encerramento foi ao som da cantora Maria Rita, com a música Agora só falta você.

“Devemos cuidar bem da nossa vida, que está representada nesta colcha de retalhos”, aconselhou a palestrante. A atividade, que também comemorou o Dia do Trabalho, foi realizada na chácara Belleti, tendo como pano de fundo o verde da natureza e o cantar dos pássaros.

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h às 14h20
Sáb. das 8h às 12h
Ou ligue: 0800 601 4031