UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Cascavel: Pós-graduação em Dermoestética atrai mulheres

Publicado em: 22/04/2010 às 18:05

Profissionais investem no conhecimento na área da saúde, beleza e bem-estar. A turma é grande e bem animada

A coordenadora do curso, professora Ana Claudia, com estudantes
Professora Ana Claudia dá boas-vindas à turma

Diante da busca pelo bem-estar físico, mental e social, é cada vez mais intensa a necessidade de manutenção das boas condições da pele, para envelhecer com saúde e boa aparência. O interesse pelo conhecimento das alterações que acontecem com o avanço da idade estimulou a Universidade Paranaense – UNIPAR, Campus de Cascavel, a criar a pós-graduação em Dermoestética.

As aulas já começaram e objetivam promover a melhoria do desempenho profissional, capacitando os estudiosos para a adoção de novos métodos e técnicas na área da Estética, além de possibilitar a reflexão sobre os problemas e perspectivas no campo de atuação.

“A turma está completa e com muita vontade de aumentar o seu conhecimento. Quem está cursando é realmente privilegiado, pois temos uma considerável lista de espera para entrar na pós-graduação”, destaca a coordenadora do curso, professora Ana Claudia Soares.

Os acadêmicos já mostram a diferença deste trabalho. Muitos foram convidados a ministrar palestras e a fazer parte de pesquisas de equipamentos e cosmecêuticos. A professora comenta que, no ano passado, estudantes da UNIPAR receberam dois prêmios de melhores trabalhos apresentados em Congressos Internacionais na Estética e Cosmética. “É um grande orgulho fazer parte desta história e desta equipe”, salienta.

Pesquisas, em diversas áreas relacionadas, visam alcançar produtos cosméticos cada vez melhores. Segundo a coordenadora, a cosmetologia e a estética evoluíram muito nos últimos anos: “Trata-se de uma área vibrante, dinâmica e muito gratificante, para quem desenvolve e também para quem usufrui”.

Ao surgirem novos conhecimentos, torna-se necessária a constante revisão, no que diz respeito ao uso de substâncias incorporadas à linha de produtos cosmecêuticos disponíveis no mercado.

Segundo Ana Claudia, o sucesso do primeiro módulo é fruto do trabalho feito em conjunto com a diretora do Campus, Débora Venturin, e a diretora multicampi da pós-graduação, Célia Macorin, que incentivaram a trazer profissionais titulados e de toda a parte do Brasil, para o corpo docente.

Outro objetivo da especialização é viabilizar a integração da Instituição com novas informações e discussões, beneficiando, tanto a população acadêmica, quanto os profissionais do mercado.

Estatísticas comprovam que a Estética e Cosmética é uma área em ascensão, devido à procura por uma melhor qualidade de vida, sendo um setor que movimenta anualmente 160 bilhões de dólares no mundo. No Brasil, seja por razões culturais ou pelo fato de o clima quente ser mais propício ao culto ao corpo, o cuidado com a beleza é um hábito incorporado à rotina.

“Os consumidores estão cada vez mais exigentes. As leis ambientais tendem a suscitar avanços nunca antes imaginados e os Ministérios da Saúde de vários países estão criando leis que pressionam os fabricantes a fazerem ensaios comprobatórios, mais claros, quanto à eficácia de seus produtos”, informa.

Os produtos de embelezamento, como os cremes e os géis para serem utilizados com equipamentos; as tinturas, os esmaltes de unhas, os batons, por mais interessantes que sejam, não constituem mais o grande desafio da indústria cosmética. A professora enaltece que as ambições e os novos mercados dirigem-se à prevenção ou à reparação dos efeitos do ressecamento da pele, do envelhecimento, orientam-se rumo à criação de uma dermocosmetologia. “Os filtros solares são bons exemplos de como os produtos cosméticos ajudam a prevenir o fotoenvelhecimento e até mesmo as doenças cutâneas”, lembra.

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h às 14h20
Sáb. das 8h às 12h
Ou ligue: 0800 601 4031