UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Umuarama: Estudantes do Malba e do Iped visitam o Horto Medicinal da Unipar

Publicado em: 27/04/2012 às 18:18

Recepcionadas por estagiários de Farmácia, Engenharia Agronômica e Ciências Biológicas, turmas se encantaram com a grandeza do laboratório botânico

Crianças ouvem explicação da estagiária
Professora Ezilda repassa informações sobre as plantas medicinais
Os alunos conheceram diversas espécies de plantas
Os alunos conheceram diversas espécies de plantas
Os alunos conheceram diversas espécies de plantas
Os alunos conheceram diversas espécies de plantas
Os alunos conheceram diversas espécies de plantas
Estagiários do projeto repassam informações sobre as plantas medicinais

Com mais de quatrocentas espécies cultivadas num espaço de trinta mil metros quadrados – o equivalente a seis campos de futebol – o Horto Medicinal da Universidade Paranaense – Unipar chama a atenção não só pela grandiosidade (está entre os maiores do Paraná), mas pelo princípio que segue, o de colaborar para a socialização do conhecimento.

Aberto à visitação, ao longo de seus quinze anos, esse projeto de extensão universitária já foi admirado por milhares de pessoas, de várias cidades do Estado. Este ano, a coordenação já retomou a agenda de visitas. Os primeiros foram estudantes do ensino fundamental do Colégio Malba Tahan e do curso Técnico de Farmácia do Iped (Instituto Politécnico de Umuarama).

As turmas foram recebidas por estagiários de Farmácia, Engenharia Agronômica e Ciências Biológicas e pela coordenadora do projeto, professora Ezilda Jacomassi, que repassou informações e esclareceu dúvidas sobre os benefícios das espécies. Ela disse que, para conseguir um diálogo mais interativo com os visitantes, usa didática especial, principalmente com crianças, “que chegam sempre cheias de entusiasmo e curiosidades”.

“Com elas, procuramos trabalhar os sentidos do corpo humano para que elas percebam melhor a natureza ao seu redor. No olfato, o aroma das plantas; na visão, as colorações que as plantas demonstram em seus frutos e flores; no paladar, o experimento de alguns frutos poucos conhecidos e que tem grande teor de vitamina; e o tato, orientando que nem todas as plantas podem ser tocadas, muito menos as que têm toxinas”, explica.

Aos jovens e adultos, a equipe do projeto prioriza informações sobre as propriedades que as plantas apresentam. “É uma oportunidade que eles têm de concretizar na prática o que aprendem nas disciplinas ministradas no colégio”, emenda a professora.

Situado no Câmpus Cruzeiro (ou Câmpus II, como é mais conhecido), o Horto Medicinal da Unipar funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. As visitas podem ser agendadas no Prove (Programa de Valorização da Educação), pelo telefone (44) 3621-2848.

Atividades Implantado em 1997, o Horto Medicinal da Unipar reúne plantas ornamentais, tóxicas e comestíveis, além das medicinais, que são, logicamente, as que prevalecem. Deste imenso projeto de extensão universitária, saem outros, ligados a outras áreas, como a pesquisa e o ensino – estudos de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), por exemplo. Embora cada um trabalhe com objetivos específicos, no geral todos buscam resgatar e preservar os conhecimentos populares das plantas. O Horto fornece, também, algumas plantas para outro importante projeto de extensão da Unipar, o Farmácia Viva (que produz cremes, sabonetes, sachês e outros cosméticos à base de fitoterápicos). No local, estudantes também aprendem a produzir mudas na Casa de Vegetação e a catalogar espécies na Casa de Estudos, que abriga o acervo do herbário do projeto.

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 15h às 21:20h
Sáb. das 08h30 às 12h50
Ou ligue: 0800 601 4031