UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Umuarama: Engenharia Agronômica promove visita técnica à Embrapa

Publicado em: 27/10/2011 às 16:41

Estudantes conheceram projetos das áreas de biotecnologia do solo e melhoramento vegetal

Estudantes conheceram instalações laboratoriais, equipamentos de biotecnologia de última geração e casas de vegetação
Estudantes conheceram instalações laboratoriais, equipamentos de biotecnologia de última geração e casas de vegetação
Estudantes conheceram instalações laboratoriais, equipamentos de biotecnologia de última geração e casas de vegetação

Estudantes de Engenharia Agronômica da Universidade Paranaense – Unipar, Câmpus Umuarama, participaram em Londrina/PR de visita técnica à Embrapa-Soja, considerada centro de referência mundial em pesquisa de sistemas de produção de soja (em 29/9).

A turma viajou acompanhada do professor de microbiologia agrícola e orientador do mestrado em Biotecnologia Aplicada à Agricultura, Odair Alberton, com o objetivo de conhecer as técnicas e procedimentos desenvolvidos pela Embrapa, do campo de melhoramento genético e biotecnologia para a cultura de soja.

Na empresa, foram recebidos pelos pesquisadores Marco Antônio Nogueira e Geraldo Estevan de Souza Carneiro, que apresentaram os projetos de pesquisa na área de biotecnologia do solo e melhoramento vegetal. O grupo também conheceu as instalações laboratoriais, equipamentos de biotecnologia de última geração e as casas de vegetação, onde os projetos são conduzidos.

“O Brasil é, hoje, o segundo maior produtor de soja do mundo; fica atrás somente dos Estados Unidos, graças ao desenvolvimento de variedades altamente produtivas e adaptadas às condições de clima e solos brasileiros. Por causa do avanço nas pesquisas, a soja brasileira é produzida sem a adição de fertilizantes nitrogenados, ou seja, pela inoculação de bactérias fixadoras de nitrogênio”, explica a coordenadora do curso, professora Glaciela Kaschuk, ao justificar a importância da visita à Embrapa-Soja.

“Na visita, os alunos aprenderam que, embora a tecnologia de produção de soja seja bem estabelecida, há constante busca por variedades de soja resistentes às doenças e aprimoramento da tecnologia de inoculantes”, pontua a professora.

Redes sociais>