UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Cascavel: Treinamento discute qualificação profissional e satisfação

Publicado em: 27/10/2011 às 15:11

Colaboradores refletiram sobre exigências do mercado, trabalho em equipe e motivação

Adelar Luiz Siqueira Júnior ministra treinamento
Colaboradores encaram resultados de dinâmica
A diretora do Campus, professora Débora Venturin, participa de dinâmica
Capacitação envolve colaboradores de todos os departamentos
Prova do número seis diverte colaboradores
Prova do número seis diverte colaboradores
À frente, o coaching Adelar Luiz Siqueira Júnior
Desatar o grande nó foi proposta de dinâmica

A Universidade Paranaense – Unipar, Câmpus Cascavel, promoveu treinamento sobre empregabilidade com ocoaching Adelar Luiz Siqueira Júnior. Com a participação de todos os colaboradores, o evento foi organizado pela equipe de Gestão de Treinamentos e da direção do Câmpus, em parceria do Sibop (Sistema de Integração Brasileiro entre Organização e Pessoas).

O especialista enfatizou que para saber o que é bom, o homem tem que estar disposto a receber tudo, adiantando que as coisas boas levam ao vício, à moda e ao comodismo. “O filtro tem que funcionar como tudo o que é bom”, alertou.

Também comparou a vida à corrida da fecundação: “Continue nadando e você vai escolher o seu óvulo. Tenha rapidez, força e vontade de ganhar”. Segundo ele, o sucesso depende da percepção, dos sentidos, de como o ser recebe a informação e a repassa, depende do quanto está motivado para buscar algo.

Na palestra, definiu empregabilidade como ser capaz ou competente para manter-se ou tornar-se atrativo, ser bom, fazer com excelência, trabalhar com respeito e alegria, empregando suas habilidades para ser diferente. A dica foi jogue o lixo fora, drible pensamentos fora do contexto e viva o presente, para que as experiências sejam melhores.

Com dinâmica, prova que consistia em fazer o desenho do número seis com o corpo, foi possível refletir sobre a razão lógica e emoção que imperam quando se está fazendo algo.

Outra postura apontada foi a do trabalho em equipe, da harmonia, ética e correção: “Essa é uma exigência do mercado atual. Outros quesitos são criatividade, comprometimento, flexibilidade, liderança, atualização e comunicação, quando faz se entender”. Também destacou que o mercado precisa de ambição e ousadia e que a busca pelo autoconhecimento exige paciência.

O coaching também prioriza a avaliação individual sobre “qual meu grau de qualificação? Estou preparado para progredir e aceitar desafios? Alguém percebe minha experiência? Sou candidato a promoção? Estou satisfeito?”. Para encerrar, citou o escritor inglês Aldous Huxley: “Experiência não é o que acontece com você, mas o que você faz com o que aconteceu”.

Redes sociais>