UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Umuarama: Palestra aborda células somáticas na produção leiteira

Publicado em: 01/09/2011 às 11:40

Professora do mestrado em Ciência Animal discorreu sobre o tema no 2º Realeite

Professora Lisiane Martins durante palestra no 2º Realeite, em  Realeza

A professora do mestrado em Ciência Animal da Universidade Paranaense – Unipar, Campus Umuarama, Lisiane de Almeida Martins ministrou palestra em Realeza/PR, no 2º Realeite promovido pela Latco e UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul).

O evento, constituído por palestras técnicas sobre a cadeia leiteira e apresentação de unidades demonstrativas de ‘Criação de Bezerras’, ‘Como Diminuir a Contagem Bacteriana no Leite Através dos Processos de Higienização’ e ‘Controle da Qualidade do Leite na Recepção da Indústria’, reuniu mais de 200 produtores de leite da região (entre 7 e 8/7) .

Lisiane Martins ministrou a palestra ‘Importância do Mastite e Contagem de Células Somáticas (CCS) na Produção Leiteira’, onde apresentou os resultados de projeto interinstitucional da Embrapa-Gado de Leite, financiado pelo CNPq, com envolvimento da Latco que pesquisa o perfil microbiológico e de resistência aos antimicrobianos no Brasil, desenvolvido no Laboratório de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Pública do mestrado em Ciência Animal da Unipar.

As mestrandas em Ciência Animal, Priscila Luiz Melo e Eliane Barzom, que defenderam dissertação com tema relacionado ao projeto, e os graduandos de Medicina Veterinária, bolsistas do Pebic (Programa Externo de Bolsas de Iniciação Científica) e colaboradores do projeto, Noemila Kozerski e Danilo Ratti da Silva, também participaram do evento, acompanhando a professora.

O projeto ainda conta com a participação de mestrandos que desenvolveram sua dissertação de mestrado dentro deste projeto e estudantes da graduação, dos projetos de iniciação científica PIC (Programa de Iniciação Científica), Pibic (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica) e Pebic (Programa Externo de Bolsas de Iniciação Cientifica), que são colaboradores e co-autores.

A professora informa que o projeto ‘Implantação de Centro de Monitoramento e Vigilância da Residência Antimicrobiana em Bactérias Patogênicas para o Gado de Leite’ resultou em sete centros de monitoramento no Brasil para determinação do perfil de resistência das bactérias causadoras de mastite.

E explica a importância do investimento: “Assim como na medicina humana, a seleção de bactérias resistentes tem sido motivo de grande preocupação, pois dificulta o tratamento e consequentemente o controle de infecções. Pensando-se que estas bactérias causadoras de mastite podem desencadear enfermidades no homem, trata-se de um tema de importância em saúde pública”.

A Unipar é sede de um dos sete centros implantados (Centro de Monitoramento), representando o Estado. “O Grupemas (Grupo de Pesquisa em Mastite), coordenado por mim, está encerrando a primeira etapa do projeto e os resultados epidemiológicos, etiológicos e de sensibilidade antimicrobiana foram apresentados no Realeite”, informa Lisiane Martins.

Participar do evento, para Lisiane Martins, foi uma oportunidade enriquecedora e importante para melhorar a comunicação entre a comunidade científica e os produtores, que normalmente estão isolados: “Este evento foi um estímulo para trazer à nossa Universidade ideias para desenvolvimento de técnicas aplicadas às pequenas propriedades e que podem trazer um retorno financeiro enorme aos produtores”.

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h às 20h
Sab. das 8h às 12h