UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Cianorte: Direito retoma projeto de orientação jurídica e ética

Publicado em: 31/03/2011 às 10:43

Projeto ‘Conhecendo Direito os seus Direitos’ promove palestra em bairros da cidade, orientando a população

Estudantes de Direito e organizadores do evento posam para foto
Atividade reuniu cerca de cinquenta pessoas
A estudante Ana Paula Cavalcanti Calado ministra palestra de retorno do projeto

Violência contra a mulher. Este foi o tema escolhido pelos participantes para o retorno do projeto extensionista do curso de Direito da Universidade Paranaense – Unipar, Campus Cianorte, ‘Conhecendo Direito os seus Direitos’. Sob supervisão da coordenadora, professora Mariceles Fecchio, a estudante do 4º ano, Ana Paula Cavalcanti Calado, foi quem ministrou a primeira palestra do projeto no ano (em 18/3).

Iniciado no ano passado, o projeto visa orientar a comunidade sobre questões jurídicas e éticas percorrendo bairros da cidade com palestras com os mais variados temas. Desta vez, o projeto contemplou a cidade de São Manoel do Paraná e reuniu cerca de cinquenta pessoas na Câmara dos Vereadores. “Abordamos aspectos relativos à violência contra mulher, pautados nos pontos mais relevantes da Lei 11.340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha”, explica a professora Mariceles Fecchio.

Em uma via de mão dupla, ganham comunidade e estudante, pois, além de beneficiar e proporcionar novos conhecimentos à população, o estudante ainda recebe horas extracurriculares, necessárias para a obtenção de grau. “O projeto conta com a participação direta dos estudantes envolvidos, desde o estudo dos temas viáveis para as palestras, até a própria elaboração das palestras e sua realização”, informa a professora.

“O projeto é importante para a formação do estudante, pois se vincula ao fato, de ao participar de todo o desenvolvimento do projeto, há um contato do estudante com situações concretas que são tratadas de forma teórica em sala de aula. Ainda, serve como subsídio para a formação do seu sentido ético no trato de questões sociais e legais” ressalta a coordenadora.

Segundo ela, a comunidade é beneficiada na medida em que tem a sua disposição um mecanismo informativo que viabiliza o entendimento de situações legais nas quais todos os seres sociais se envolvem diariamente e, também, funciona como instrumento para viabilizar o exercício da cidadania.

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h às 20h
Sab. das 8h às 12h