UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Umuarama: Prefeitura e Unipar estudam parceria em projeto fitoterápico

Publicado em: 16/03/2011 às 16:07

Profissionais da Secretaria de Saúde conheceram o Horto Medicinal para traçar estratégias

Professora Ezilda Jacomassi repassa informações sobre as plantas
Professora Ezilda Jacomassi repassa informações sobre as plantas
As integrantes do Nasfi, Emília Narita e Gisele Medina
No projeto são cultivadas diversas espécies de plantas
No projeto são cultivadas diversas espécies de plantas
A visita foi acompanhada por estagiários do curso de Farmácia

Uma equipe de profissionais do Nasfi (Núcleo de Apoio à Saúde da Família), ligado à Secretaria Municipal de Saúde de Umuarama, visitou o Horto Medicinal da Universidade Paranaense – Unipar por conta de uma proposta inovadora: implantar hortos nas Unidades Básicas de Saúde do município com apoio técnico da Instituição.

Durante a visita, a equipe conheceu a estrutura do projeto, que é uma extensão do curso de Farmácia e reúne, para estudos e uso, centenas de espécies de plantas medicinais e aromáticas.

Segundo a assistente social do Nasfi, Gisele Medina, a primeira Unidade a ser beneficiada será a do Jardim Panorama. “Como sabemos, a fitoterapia é a utilização das plantas no tratamento de doenças. E o Horto Medicinal da Unipar é referência nesse assunto. Por isso, precisamos do suporte técnico e científico deste projeto para levarmos mais qualidade de vida à comunidade através do cultivo e uso das ervas medicinais”.

A coordenadora do projeto, professora Ezilda Jacomassi, acompanhada por estagiários do curso de Farmácia, repassou ao grupo orientações e dicas importantes sobre o cultivo e uso racional das plantas medicinais na prevenção de doenças.

De acordo com a farmacêutica Emília Narita, que integra o Nasfi, de início serão cultivadas dez espécies, entre elas hortelã (mentha crispa), manjericão (ocimum basilicum), orégano (origanum vulgare), alecrim (rosmarinus officinalis) e babosa (aloe vera).

”A própria comunidade do bairro será responsável pelo cultivo das plantas. Com isso, estamos promovendo terapia ocupacional e conscientizando a população quanto à importância do uso das ervas na promoção da saúde”.

“Estamos felizes em saber que o Horto Medicinal está sendo usado como referência na busca da saúde. É uma prova de que as plantas podem ser utilizadas em favor da prevenção e a cura de muitas doenças”, ressaltou a coordenadora do projeto.

O Horto Medicinal da Unipar foi implantado em 1996. Com mais de 450 espécies, é um dos maiores do Brasil.

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h às 20h
Sab. das 8h às 12h