UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Francisco Beltrão: Professor elenca pontos que futuro empreendedor deve seguir

Publicado em: 04/02/2022 às 08:00

Apesar de ter se tornado menos burocrático no Brasil, empreender ainda requer muito planejamento

Ciape é laboratório de práticas empresariais.

O mercado de trabalho competitivo e o fechamento de vagas durante a pandemia de Covid-19 motivou muitos trabalhadores a se tornarem empreendedores. Iniciar um novo negócio ou atividade deixou de ser tão burocrático no Brasil nos últimos anos. Segundo o professor Idair Edson Marcello, coordenador dos cursos de Administração e Ciências Contábeis da Universidade Paranaense – Unipar/Francisco Beltrão, qualquer pessoa pode abrir sua empresa.

“Eis algumas perguntas que o futuro empreendedor precisa responder: Tenho conhecimento suficiente para abrir esta atividade? Precisarei de um sócio? Terei empregados? Qual o melhor ponto comercial para o meu negócio? Quanto precisarei ter de capital inicial? Quanto devo ter de capital de giro?”.

De acordo com ele, também é muito importante levantar todos os custos iniciais e projetar as receitas futuras. Sabe-se que por um tempo a empresa pode não ter o retorno esperado, independentemente do local onde for se instalar. Lugares bastante movimentados podem trazer um retorno maior, porém os custos também são maiores.

“É preciso calcular os investimentos em instalações, móveis e utensílios, veículos, máquinas e equipamentos, enfim, levantar as despesas fixas com aluguel, água, luz, telefone, internet, material de uso e consumo, etc. Se a empresa for comercial, todo o estoque terá de ser formado, lembrando que sempre deve-se reservar recursos para o marketing e a publicidade”, expõe.

Professor Idair ressalta também, que é importante buscar orientação quanto à espécie societária na qual a empresa estará inserida para determinar a carga tributária que recairá sobre o empreendimento. A empresa poderá se enquadrar como Microempreendedor Individual (MEI), cujo faturamento bruto anual é de até R$ 81.000; Microempresa (ME), cujo faturamento anual é de até R$ 360.000 ou Empresa de Pequeno Porte (EPP) com faturamento de até R$ 4.800.000. “Essas três espécies societárias se enquadram no regime tributário do Simples Nacional. Acima destes faturamentos anuais a empresa pode optar pelo Lucro Presumido ou Lucro Real, se neste regime a empresa não estiver obrigada a estar enquadrada”, explicou.

Ciape

Na Unipar são ofertados os cursos de Administração e Ciências Contábeis, que além de toda teoria, dispõe de laboratório de práticas empresariais, consubstanciado no CIAPE - Centro Integrado de Apoio a Projetos Empresariais. Trata-se de um ambiente confortável e personalizado, onde os alunos dos cursos de Administração e de Ciências Contábeis desenvolvem seus projetos de extensão para a comunidade, bem como um local de convívio, para reuniões e troca de ideias.

Redes sociais>