UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

NOTÍCIA

Unipar encabeça ação de Páscoa Solidária em Toledo

Publicado em: 06/04/2021 às 08:00

Cerca de 300 crianças refugiadas receberam no domingo as caixas de chocolate e cartinhas na língua nativa

Crianças refugiadas ganham chocolates na Páscoa
Crianças refugiadas ganham chocolates na Páscoa
Crianças refugiadas ganham chocolates na Páscoa
Crianças refugiadas ganham chocolates na Páscoa

Uma Páscoa mais doce e cheia de afeto. Esse foi o resultado da Campanha Solidária de Páscoa promovida pela Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Toledo. Várias caixas de bombons foram doadas pelos acadêmicos e entregues para a Embaixada Solidária de Toledo, contemplando estrangeiros que moram no município e na região. 

Todo o processo da campanha obedeceu aos protocolos sanitários e de cuidados. A iniciativa foi uma forma de sensibilizar os acadêmicos com relação ao exercício da responsabilidade social e, ao mesmo tempo, acolher essas pessoas, vivenciando o real sentido da festa da Páscoa – a ressureição de Cristo, o renascimento do amor, da fé e da bondade.

A presidente da Embaixada Solidária, Edna Nunes, afirma que a ação possibilitou às crianças uma porção de carinho e chocolates nesta data especial. “Sozinhos, não teríamos condições de atender a todos, mas, com essa campanha, chegamos lá. Nossa preocupação é que por estarem longe das escolas e dos professores os pequenos deixassem de receber uma lembrancinha”, afirmou.

Junto com o mimo, a Embaixada Solidária encaminhou cartas no idioma de origem de cada criança. “Essa é a maneira que a ONG encontrou de ficar mais próxima dos pequenos durante a pandemia pelo coronavírus, que tem impossibilitado o contato presencial.

A entrega foi feita nas comunidades religiosas, culturais e nos bairros onde residem os estrangeiros, pelos líderes das comunidades. Cerca de trezentas crianças da Região Oeste devem receberam no domingo a cartinha e o presente de Páscoa.

Além de uma formação de qualidade, promovendo conhecimento técnico-científico da profissão, a Universidade também prioriza a formação humanística e cidadã, desenvolvendo sempre projetos e ações para auxiliar as comunidades de imigrantes que vivem em suas adjacências.

Redes sociais>