UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

Nossos cursos de GRADUAÇÃO

Farmácia (5 anos)

Descrição

Teoria e prática na dose certa

O profissional graduado em Farmácia pela Unipar conta com o diferencial de uma formação generalista, com uma ampla visão das diversas áreas envolvidas, além de conhecimento técnico e científico para promover a saúde em todos os seus níveis. Como farmacêutico, você será capaz de realizar análises clínicas, de alimentos e fármacos, pesquisa, produção, armazenamento, dispensação, interações e controle de qualidade. Também vai estar atpo a planejar, desenvolver, manipular, produzir, controlar e dispensar medicamentos, realizar exames diagnósticos e coordenar farmácias, laboratórios de análises clínicas, toxicológicas e de alimentos. Seu papel envolve ainda informar a população sobre automedicação e seus efeitos, além de exercer e divulgar ações sobre a farmacovigilância, como aliado da vigilância sanitária e epidemiológica.

Mais de 80 áreas de atuação

Segundo o Conselho Federal de Farmácia, você poderá atuar em mais de 80 áreas. Dentre elas estão laboratórios de análises clínicas, toxicológicas e de alimentos, indústrias de medicamentos, cosméticos e produtos alimentícios, farmácias, distribuidoras de medicamentos e laboratórios especializados. Você pode optar ainda por instituições de ensino, laboratórios de controle de qualidade, forças armadas e polícia científica, vigilância sanitária, postos de saúde, assessorias, consultorias e centros de informação de medicamentos.

Por que escolher a Unipar

  • Professores com grande experiência em diversas áreas de atuação;

  • Projeto pedagógico que envolve embasamento técnico e científico, e atividades práticas e profissionalizantes desde o início do curso;

  • Estrutura completa e equipamentos para exercícios práticos em todas as áreas da farmácia;

  • Projetos de ensino, pesquisa e extensão durante todo o curso.

Infraestrutura diferenciada

A estrutura da Unipar permite que você saia da universidade pronto para entrar no mercado de trabalho. São laboratórios de Anatomia Humana, Farmacotécnica e Cosmetologia, Fisiologia e Histologia, Farmacologia, Química Orgânica, Geral, Analítica e Farmacêutica, Análises Clínicas e Toxicológicas, Hematologia e Parasitologia Clínica, Microbiologia e Imunologia Geral e Clínica. Na Unipar você também vai encontrar laboratórios de Bioquímica Geral e Clínica, Física e Biofísica, Patologia, Biologia e Genética, Fitoterapia, Farmacobotânica e Farmacognosia, Bromatologia e Controle de Qualidade de Medicamentos, Biologia Molecular, Análise de Água, Análise de Alimentos, Horto de Plantas Medicinais e Farmácia Escola. No campus de Umuarama você terá ainda um Centro de Informações Toxicológicas e de Medicamentos, uma Central de Misturas Intravenosas e um Laboratório de Pesquisa em Ciências Farmacêuticas.

Informações Gerais

COORDENADOR(A) PATRICIA AMARAL GURGEL VELASQUEZ
TITULAÇÃO Farmacêutico Generalista
MODALIDADE Presencial
PERÍODO Noturno
DURAÇÃO MÁXIMA 08 anos
DURAÇÃO MÍNIMA 05 anos
CARGA HORÁRIA 4800 h/a
MENSALIDADE ATUAL R$ 1.542,00
LOCAL Francisco Beltrão - Campus I

Objetivo geral

O Curso de Farmácia da Universidade Paranaense – UNIPAR, com base nas premissas que emanam da Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e nas determinações das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Farmácia Resolução CNE/CESn.º 2, de 19/02/2002, DOU de 04/03/2002, em como objetivo geral:

Formar profissionais com capacidade de desenvolvimento intelectual autônomo e permanente, éticos e comprometidos com a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Com conhecimentos técnicos, humanísticos, ambientais e histórico-sociais necessários ao entendimento, interpretação e intervenção na realidade nacional e regional. Instrumentalizando-os com métodos, técnicas e recursos que possibilitem uma atuação condigna e competente nas suas funções na área de Farmácia.

Objetivo específico

  • Formar profissionais farmacêuticos aptos a desenvolver projetos de pesquisa com fármacos e reagentes; planejar, desenvolver, manipular, produzir, controlar e dispensar medicamentos;

  • Realizar exames diagnósticos (qualitativos e quantitativos) e coordenar laboratórios de análises clínicas, toxicológicas e de alimentos;

  • Informar a população sobre a auto-medicação e seus efeitos;

  • Exercer e divulgar ações sobre a farmacovigilância;

  • Conhecer a vigilância sanitária e epidemiológica;

  • Estar apto a coordenar a farmácia comunitária e a farmácia hospitalar;

  • Exercer a atenção farmacêutica, assim como informar sobre os medicamentos, suas interações e usos;

  • Conhecer a saúde pública e suas campanhas;

  • Auxiliar no planejamento e execução de ações que visem à melhoria da qualidade de vida da população;

  • Proporcionar a possibilidade para que os profissionais da área possam especializar-se através de cursos de pós-graduação, ou mesmo de aperfeiçoar-se com as diversas atividades oferecidas pelo curso.

Perfil do egresso

O Egresso do curso de graduação da Universidade Paranaense - UNIPAR é caracterizado por uma formação profissional atualizada fundamentada nos conhecimentos técnico-científicos, bem como nos princípios éticos e humanísticos voltados à cidadania. Neste sentido, ele se revela como um profissional capaz de reconhecer os problemas do mundo presente, em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade.

A partir das competências e das habilidades gerais do egresso do Curso de Graduação em Farmácia da UNIPAR, consoante o que dispõe o art 3º da Resolução CNE/CESn.º 2, de 19/02/2002, DOU de 04/03/2002, deve ser assegurado, no perfil do formando egresso uma formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Capacitado ao exercício de atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos, às análises clínicas e toxicológicas e ao controle, produção e análise de alimentos, pautado em princípios éticos e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade.

Competências e Habilidades

Assim, o Curso de Graduação em Farmácia da Universidade Paranaense – UNIPAR deve possibilitar, no perfil específico do egresso, as seguintes competências e habilidades:

Atenção à Saúde: os farmacêuticos, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde tanto em nível individual quanto coletivo.

Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos.

Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo;

Tomada de Decisões: o trabalho dos farmacêuticos deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo-efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

Comunicação: os farmacêuticos devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e com o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não-verbal e habilidades de escrita e leitura; conhecimento técnico de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação;

Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os farmacêuticos deverão estar aptos a assumirem posições de liderança, sempre tendo em vista o bem estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz;

Administração e Gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho quanto dos recursos físicos e materiais e de informação. Da mesma forma devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou líderes na equipe de saúde;

Educação Permanente: os profissionais devem estar cientes da importância da educação continuada para sua formação e prática; desta forma, tendo responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento das futuras gerações de profissionais, proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros farmacêuticos e profissionais do serviço de saúde.

A formação do Farmacêutico tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades específicas:

  • respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional;

  • atuar em todos os níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, sensibilizados e comprometidos com o ser humano, respeitando-o e valorizando-o;

  • atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente e transdisciplinarmente com extrema produtividade na promoção da saúde baseado na convicção científica, de cidadania e de ética;

  • reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;

  • exercer sua profissão de forma articulada ao contexto social, entendendo-a como uma forma de participação e contribuição ao mesmo;

  • conhecer métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos científicos;

  • desenvolver assistência farmacêutica individual e coletiva;

  • atuar na pesquisa, desenvolvimento, seleção, manipulação, produção, armazenamento e controle de qualidade de insumos farmacêuticos; fármacos sintéticos, recombinantes e naturais; medicamentos; cosméticos; saneantes; domissaneantes; correlatos e alimentos;

  • atuar em órgãos de regulamentação e fiscalização do exercício profissional e de aprovação, registro e controle de medicamentos, cosméticos, saneantes, domissaneantes e correlatos;

  • atuar na avaliação toxicológica de medicamentos, cosméticos, saneantes, domissaneantes, correlatos e alimentos;

  • realizar, interpretar, emitir laudos e pareceres e responsabilizar-se tecnicamente por análises clínico-laboratoriais, incluindo os exames hematológicos, citológicos, bioquímicos, citopatológicos e histoquímicos, bem como análises toxicológicas, dentro dos padrões de qualidade e normas de biossegurança;

  • realizar procedimentos relacionados à coleta de material para fins de análises laboratoriais e toxicológicas;

  • avaliar a interferência de medicamentos, alimentos e outros interferentes em exames laboratoriais;

  • avaliar as interações medicamento/medicamento e alimento/medicamento;

  • exercer a farmacoepidemiologia;

  • exercer a dispensação e o controle de nutracêuticos e alimentos de uso integral e parenteral;

  • atuar no planejamento, administração e gestão de serviços farmacêuticos, incluindo registro, autorização de produção, distribuição e comercialização de medicamentos, cosméticos, saneantes, domissaneantes e correlatos;

  • atuar no desenvolvimento e operação de sistemas de informação farmacológica e toxicológica para pacientes, equipes de saúde, instituições e comunidades;

  • interpretar e avaliar prescrições;

  • atuar na dispensação de medicamentos e correlatos;

  • participar na formulação das políticas de medicamentos e de assistência farmacêutica;

  • formular e produzir medicamentos e cosméticos;

  • atuar na promoção e gerenciamento do uso correto e racional de medicamentos, em todos os níveis do sistema de saúde, tanto no âmbito do setor público como do privado;

  • desenvolver atividades de garantia da qualidade de medicamentos, cosméticos, processos e serviços onde atue o farmacêutico;

  • elaborar, interpretar, avaliar, emitir laudos e pareceres e responsabilizar-se tecnicamente por análises de alimentos, nutracêuticos e suplementos alimentares, desde a obtenção das matérias primas até o consumo;

  • atuar na pesquisa e desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de produtos obtidos por biotecnologia;

  • realizar análises fisico-químicas e microbiológicas de interesse para o saneamento do meio ambiente;

  • atuar na pesquisa e desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de hemocomponentes e hemoderivados, incluindo realização, interpretação de exames e responsabilidade técnica de serviços de hemoterapia;

  • exercer atenção farmacêutica individual e coletiva na área das análises clínicas e toxicológicas;

  • gerenciar laboratórios de análises clínicas e toxicológicas;

  • atuar na seleção, desenvolvimento e controle de qualidade de metodologias, reativos e equipamentos.

A formação do Farmacêutico deverá contemplar as necessidades sociais da saúde, a atenção integral da saúde no sistema regionalizado e hierarquizado de referência e contra-referência e o trabalho em equipe, com ênfase no Sistema Único de Saúde (SUS).

Mercado de trabalho

O Farmacêutico com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, deverá atuar em. em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Capacitado ao exercício das atividades profissionais nos seguintes campos de atuação:

  • Farmácias (Dispensação, Homeopática, Hospitalar e de Manipulação);

  • Drogarias e Ervanárias;

  • Distribuidoras de Medicamentos;

  • Laboratórios Especializados: Biologia Molecular e Fertilização “In vitro”;

  • Indústria de Medicamentos, Cosméticos, Fitoterápicos, Produtos Alimentícios e Domissanitários;

  • Saúde Pública;

  • Vigilância Sanitária e Epidemiológica;

  • Laboratórios de Análises Clínicas, Toxicológicas, Químicas e de Alimentos;

  • Laboratórios de Controle de Qualidade: Ar, Água, Cosméticos e Medicamentos;

  • Instituições de Ensino (Docência/ Pesquisa);

  • Polícia Científica e Forças Armadas;

  • Centro de Informações de Medicamentos;

  • Centro de Informações Toxicológicas;

  • Atenção Farmacêutica;

  • Assessorias e Consultorias.

Funções que os graduados poderão exercer na sociedade:

  • Reconhecer e assumir responsabilidades que dizem respeito ao exercício da profissão;

  • Atuar como docente estimulando o espírito crítico e científico;

  • Elaborar os conteúdos programáticos e apoiar a execução de ações de capacitação na sua área;

  • Elaborar material técnico e científico para a divulgação nas áreas de saúde pública, sobre medidas higiênicas e profiláticas;

  • Participar da elaboração e acompanhamento da política e de programas e campanhas de saúde pública, executando treinamento de operadores de campo para a realização de campanhas sanitárias;

  • Formular, acompanhar, executar e/ou assessorar programas e projetos de educação na área de saúde;

  • Promover orientações a indivíduos e comunidades visando à obtenção de condutas, posturas e encaminhamentos de processos relativos às noções básicas de alimentação, higiene e saúde;

  • Promover articulação em municípios, entidades públicas e privadas e comunidades em geral, com relação a melhorias de saúde da comunidade;

  • Promover pesquisas e estudos com a finalidade de tornar o uso de medicamentos racional e seguro;

  • Propor soluções para os problemas relacionados à política de medicamentos no âmbito de sua comunidade ou nacional;

  • Estudar os princípios morais e éticos na conduta da profissão.

Considerações

Todas estas atividades dependem de um currículo efetivamente realizado na área ou subárea específica, traduzida pelo cumprimento de disciplinas na graduação e/ou pós-graduação; realização de monitorias, estágios e treinamentos; participação em cursos de extensão, aperfeiçoamento, especialização e outros; participação em congressos, seminários, simpósios e similares; desenvolvimento de pesquisas básicas ou aplicadas e/ou apresentação e publicação de trabalhos científicos em eventos e revistas científicas, respectivamente.

Ambientes

Redes sociais>

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h às 20h
Sab. das 8h às 12h