UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
OUVIDORIA TRABALHISTA

Acesso online:

Criar ou recuperar sua senha

Você está aqui: Pós Graduação  >  Mestrado e Doutorado  >  Mestrado Profissional em Plantas Medicinais e Fitoterápicos na Atenção Básica

Nossos programas de Mestrado e Doutorado

Sobre o programa

O Mestrado Profissional em Plantas Medicinais e Fitoterápicos na Atenção Básica criado em 2015, é uma proposta inovadora da Universidade Paranaense para os profissionais da saúde e áreas afins. Além disso, o programa tem como objetivo capacitar profissionais com conhecimentos e habilidades para a implementação de arranjos produtivos locais relacionados à Politica Nacional das Práticas Integrativas e Complementares do Sistema Único de Saúde (SUS) no que se refere a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Os futuros egressos do programa deverão estar aptos a solucionar problemas de forma inovadora, atualizando e ampliando os conhecimentos técnicos e científicos adquiridos, com o objetivo de contribuir com a sociedade civil, setor produtivo e principalmente o Sistema Público de Saúde no que se refere à utilização de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Para isto, os pós-graduandos contarão com uma grade curricular diversificada, com a realização de trabalhos práticos desenvolvidos em laboratórios e em campo, além das atividades extracurriculares. Terão ainda a oportunidade de exercitar o espírito crítico e criativo em busca do conhecimento e solução de problemas de acordo com as necessidades regionais para ampliação das opções terapêuticas e melhoria da atenção à saúde aos usuários do SUS. Além disso, favorecerão a promoção do uso sustentável da biodiversidade local, a valorização e a preservação do conhecimento das comunidades tradicionais e indígenas, e fortalecimento da agricultura familiar nas regiões em que estarão inseridos.

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO

SISTEMAS PRODUTIVOS E DE UTILIZAÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERÁPICOS

Conjunto de ações ligadas às plantas medicinais e fitoterápicos, localizados em um mesmo território, que mantêm algum nível de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com os demais atores locais (governo, pesquisa, ensino e instituições de crédito) visando a formação de profissionais para atender a demanda de implantação da Politica Nacional das Práticas Integrativas e Complementares do Sistema Único de Saúde no que se refere a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos.

Coordenador

Emerson Luiz Botelho Lourenço (emerson@unipar.br)

Situação legal - Mestrado

Curso de Mestrado recomendado pela CAPES e reconhecido conforme Portaria MEC nº 256, de 15 de fevereiro de 2017, publicada no D.O.U. nº 34 – Seção 1, p. 15 de 16 de fevereiro de 2017.

Público

Profissionais graduados em cursos reconhecidos pelo MEC, nas áreas de Medicina Veterinária, Ciências Biológicas, Farmácia, Biomedicina, Nutrição, Enfermagem, Tecnologia em Estética e Cosmética, Educação Física, Medicina, Odontologia e áreas afins.

Objetivos

Capacitar profissionais com conhecimentos e habilidades para a implementação de arranjos produtivos locais relacionados à Politica Nacional das Práticas Integrativas e Complementares do Sistema Único de Saúde (SUS) no que se refere a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos.

Investimentos

Mestrado: 30 parcelas de R$ 1.397,00

Este valor é para a seleção do ano de 2017, e a Universidade reserva-se o direito de fazer alterações em decorrência de exigências de ordem legal ou econômica.

 

Bolsa do Programa Institucional de Treinamento Docente e Técnico-Científico (PIT). A bolsa PIT é oferecida aos cinco primeiros colocados que efetivarem matrícula no curso de Mestrado Profissional em Plantas Medicinais e Fitoterápicos na Atenção Básica. A bolsa em 2017 será de R$ 250,00 por um período de 30 meses. O aluno fica condicionado à não reprovação, assiduidade, participação de todas as atividades do curso, organização de eventos, palestras, atividades de pesquisa e orientação de alunos de iniciação científica. Critérios de concessão: Pontuação obtida na análise do Currículo Lattes. A disponibilidade das bolsas PIT ficam sujeitas à liberação da UNIPAR.

Redes sociais