Publicada em: 26/09/2014 às 10:41

Umuarama: Jornada de Psicologia começa na terça

Conferência, minicursos, filmes, palestras e atividades culturais guiarão o evento; inscrições encerram hoje

Evento reunirá estudantes e profissionais da área

Evento reunirá estudantes e profissionais da área

Promover a interação social entre os profissionais, bem como a divulgação do conhecimento e do saber científico. É com este propósito que o curso de Psicologia da Universidade Paranaense – Unipar, Unidade Umuarama, realiza sua 17ª Jornada Acadêmica. O evento começa na terça, 30, e segue até o dia 3 de outubro. As inscrições encerram hoje, sexta-feira e podem ser feitas neste site, link eventos.

Vista como uma possibilidade de capacitação profissional, podem participar graduados e graduandos de Psicologia, tanto da Unipar quanto de outras instituições de ensino, e estudantes de áreas de diálogo, como o Direito, Serviço Social, Enfermagem e Pedagogia.

“Ao tornar-se público, o conhecimento é passível de análises, críticas e até reformulações, o que só enriquece a prática e pesquisa psicológica. Além deste aspecto, uma jornada como esta, que apresenta um corpo de profissionais convidados de altíssimo nível e uma programação consistente e eclética, permite que alunos e profissionais ampliem seus conhecimentos, podendo questionar suas atuais premissas, desenvolver novas ideias e enriquecer seus projetos de intervenção e pesquisa”, destaca a coordenadora do curso, professora Deniele Barreto.

Programação

Terça-feira (30)

Apresentação cultural - abertura

Quarta-feira (01/10)

SALA DE VÍDEO DA FAFIU Curso 01: Minorias e Cinema Debatedora: Aline Alcântara

SALA DE VÍDEO CENTRAL Curso 02: A tanatologia e sua importância nas áreas de atuação do psicólogo Debatedora: Sandra Mara Abrão David

ANFITEATRO A Curso 03: A interface entre a Psicologia Clínica e a Assistência Social no campo das políticas públicas Debatedor: Silvio José Benelli

Quinta-feira (02/10)

SALA DE VÍDEO CENTRAL Filme 01 – O prisioneiro da grade de ferro Debatedoras: Bábara Brunini e Karina Ambrozio

ANFITEATRO A Filme 02 – A vida secreta de Walter Mitch Debatedores: Jorge Antonio Vieira e André Henrique Scarafiz

Sexta-feira (03/10)

TEATRO NEIVA PAVAN Palestra de encerramento Amplitudes e Desafios da atuação em temáticas jurídicas Dr. Sidney Kiyoshi Shine

Publicada em: 26/09/2014 às 09:15

Cianorte: ‘Práticas e Pesquisas Contábeis’ é tema de treinamento

Evento reuniu estudantes de Ciências Contábeis, Processos Gerenciais e Administração

Ciências Contábeis, Processos Gerenciais e Administração,

Ciências Contábeis, Processos Gerenciais e Administração,

Para apresentar aos acadêmicos a importância da qualificação profissional, o professor Wagner Luiz Marques da Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Cianorte, ministrou treinamento sobre Práticas e Pesquisas Contábeis e também Marketing Pessoal, Rotina Trabalhista e Ética Profissional.

Contando com a participação de acadêmicos dos cursos de Ciências Contábeis, Processos Gerenciais e Administração, o treinamento direcionou debates em torno de assuntos que versam sobre humanização no trabalho.

“O treinamento também conscientiza nossos alunos, futuros profissionais, em administrar adequadamente sua vida como pessoa e como profissional”, comenta Marques.

Publicada em: 25/09/2014 às 16:41

Umuarama: Concurso Pontes de Macarrão anima Jornada de Eng Civil

Equipes construíram pontes utilizando espaguete; todas passaram por testes de resistência de peso

Ponte da equipe Dourada suportou 115 quilos e foi a vencedora

Ponte da equipe Dourada suportou 115 quilos e foi a vencedora

Professores e estudantes estão comemorando o sucesso do 5ª edição da Jornada de Engenharia Civil da Universidade Paranaense – Unipar. E mais uma vez o Concurso Pontes de Macarrão foi a sensação do evento. A divertida competição estimulou a criatividade dos estudantes, que foram divididos em equipes e a cada uma coube a tarefa de construir uma ponte utilizando espaguete, com um metro de vão livre e peso máximo de um quilo.

Com direito à torcida dos colegas, as provas aconteceram no Câmpus Tiradentes, onde todas as pontes passaram por um teste de resistência de peso. A ponte da equipe Dourada suportou 115 quilos e foi a vencedora, quebrando o recorde das edições anteriores.

Para o coordenador do curso, professor Everley Câmara, o concurso oportuniza aos estudantes colocar em prática os conteúdos aprendidos em sala de aula. “Com esta atividade motivamos os alunos no desenvolvimento de habilidades que permitam a aplicação de conhecimentos básicos de mecânica dos sólidos para resolver problemas de engenharia”.

Ele ressalta que a iniciativa é realizada por várias IES (Instituições de Ensino Superior) do Brasil e do exterior. “O concurso é um sucesso e a cada ano as equipes se superam construindo pontes com mais resistência”. A atividade foi um das tarefas da Gincana Acadêmica.

Palestras, oficinas e workshops também integraram as atividades da Jornada. O tema de abertura foi ‘Sistema CES: Inovação e Soluções para a Construção Civil’, ministrado pelo representante da empresa LP Brasil, de Curitiba, Sidney Loureiro dos Anjos.

O mesmo tema foi trabalhado também pelo representante da empresa iFrame, de Maringá, Darlan Alves Pereira. Para falar sobre ‘Segurança contra Incêndio e Pânico em Edificações’ foi convidado o tenente Dieferson Silva, do Corpo de Bombeiros de Umuarama.

Outro assunto que entrou em debate foi a ‘Utilização de Aditivos em Concretos’, abordado pelo consultor da empresa Diprotec, Felipe Zahdi Raffo Prevedello.

A Semana continuou com a palestra ‘Comparativo de rentabilidade – Steel Frame x Alvenaria’, com a representante da empresa PlacLux, de Curitiba, Michelle Susan Silva. Já Bruna Pereira Prisco da Cunha, da Guindaste de Torres, veio para falar sobre conceitos, procedimentos, tecnologia e segurança, aplicação e produtividade em obras.

Diversão, cultura e muitas risadas também não faltaram na Jornada. Na noite cultural, os alunos mais desinibidos apresentaram performances de dança, música, teatro, paródias e piadas, tudo com ligação ao tema ‘Construção Civil’.

Gincana da Construção

Fazendo parte da Jornada, a 3º Gincana Acadêmica também promoveu animação e estímulo à criatividade dos estudantes. Divididos em equipes, todos participaram de tarefas teóricas e práticas sobre a profissão, como concrebol, arremesso de bola de concreto, reboco, levantamento topográfico, concurso de fantasia, concurso de fotografia, corrida do carrinho de mão humano, corrida do ovo na colher de pedreiro e construção de casinhas, que serão doadas para creches. A equipe Dourada foi a campeã e ganhou placa comemorativa e certificado, além de calculadora científica para cada um dos integrantes. “A Gincana é uma forma descontraída de recapitular os conhecimentos adquiridos em sala de aula, incentivando o trabalho em equipe e o relacionamento interpessoal”, enfatizou o coordenador.

Publicada em: 25/09/2014 às 15:00

Atacar de Toledo defende o Brasil e vence Pan-Americano, na Argentina

A hegemonia verde-amarela se manteve na modalidade; torneio também recebeu as seleções do Uruguai, Bolívia, Chile, Colômbia e Panamá

Time do Brasil enfrentou a Argentina, na final

Time do Brasil enfrentou a Argentina, na final

A equipe Atacar/Unipar/Toledo/Volvo/Oi/Prati-Donaduzzi, que representou a seleção brasileira, foi a grande vitoriosa do Torneio Pan-americano de Handebol em Cadeira de Rodas (HCR), realizado entre os dias 16 e 20 de setembro, em Almirante Brown, região metropolitana de Buenos Aires, Argentina.

Das cinco categorias disputadas, ficou com o ouro em quatro delas: HCR 7 feminino, HCR 7 masculino, HCR 4 A feminino e HCR 4 B masculino. No HCR 4 A masculino a equipe conquistou o segundo lugar.

Para os atletas da equipe toledana, representar o Brasil neste torneio foi uma honra e uma oportunidade de demonstrar o compromisso com a modalidade. “Vestir a camisa verde-amarela é emocionante e também uma grande responsabilidade. Chegamos como favoritos apesar da equipe estar praticamente renovada desde o último campeonato Sul-americano, mas conseguimos manter nossa posição de grande seleção”, descreve o atleta Ronaldo Gonçalves.

Uma das partidas mais acirradas foi na final do HCR 4 B masculino, contra a Argentina. Empate nos dois primeiros sets e no terceiro, a vitória ficou com o Brasil depois de uma defesa no último lance do jogo. “Foram grandes confrontos e os resultados que conquistamos são como reconhecimento de um trabalho bem elaborado pela comissão técnica e pela diretoria da Atacar”, complementa Gonçalves.

Intercontinental

O Torneio ganhou status de pan-americano com a presença da seleção do Panamá. Ela e as seleções da Argentina, Uruguai, Bolívia, Chile e Colômbia fortaleceram o Handebol em Cadeira de Rodas nas Américas. “A vinda da equipe do Panamá foi importante para o desenvolvimento do esporte, que está avançando nos países da América Central”, afirma o presidente da Associação Brasileira de Handebol em Cadeira de Rodas (Abrhacar), Décio Calegari.

Ele conta que um observador de Porto Rico assistiu ao Torneio. Segundo Calegari, o HCR já está sendo praticado no Peru, França, Portugal, Inglaterra, Japão, Coréia e Austrália.

Comprometimento

A equipe Atacar/Unipar/Toledo/Volvo/Oi/Prati-Donaduzzi viabilizou verba para a participação no Torneio Pan-Americano de HCR por meio de recursos arrecadados nas promoções junto à comunidade - como o jantar Porco à Paraguaia, bingo e rifa –, com o apoio da Prefeitura de Toledo e de empresas e pessoas que se mobilizaram para colaborar com a viagem.

O grupo tem como patrocinadores as empresas Volvo, Oi e Prati-Donaduzzi e ainda conta com o apoio da Prefeitura de Toledo, Universidade Paranaense (Unipar), Ministério do Esporte e Lei de Incentivo ao Esporte e Instituto Oi Futuro.

Publicada em: 25/09/2014 às 14:00

Umuarama: Ciclo Estudo das Linguagens contempa ensino e pesquisa

Evento discutiu fotografia publicitária, cultura pop e produção de livro

Aluna exibe placa com logo do evento: objetivo foi discutir assuntos para ampliar o conhecimento

Aluna exibe placa com logo do evento: objetivo foi discutir assuntos para ampliar o conhecimento

Contato com novas informações e interação entre estudantes, professores e profissionais da área. Esses foram objetivos alcançados do 1º Ciclo de Estudos das Linguagens, promovido pelo curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Paranaense – Unipar, Câmpus III (entre 10 e 11/09).

Integrantes do Cia Schubert Coro Cênico abrilhantou a abertura do evento. Na sequência, o coordenador do curso, professor Rodrigo Oliva, falou sobre os objetivos do evento.

Uma das palestras foi ministrada pelos professores Leonardo Delgado e Sônia Moro. Discorrendo sobre Foto Publicidade, eles deram ênfase às suas técnicas, linguagens e elementos verbais.

Cultura pop também entrou na pauta. O tema ficou a cargo do professor Rodrigo Oliva e da professora Ana Ribas, que abordaram também selfie e as representações contemporâneas.

A segunda noite do Ciclo foi dedicada à pesquisa. Estudantes ligados ao PIC (Programa de Iniciação Científica), apresentaram resumos científicos sobre videoclipes e sua linguagem.

O primeiro foi do acadêmico Leonardo Marcomini, que analisou o uso da câmera lenta no videoclipe The Lady is Dead. Em seguida foi a vez do acadêmico de Filosofia, Thiago Signorini, que discutiu a análise pela semiótica dos clipes de MPB. E pra encerrar, as acadêmicas Renata Ferreira e Laurie Pronçate apontaram as variadas representações do olhar no videoclipe Blue Jeans, da cantora Lana Del Rey.

O processo criativo da produção de um livro também foi abordado no Ciclo. Com os professores Rodrigo Oliva e Sônia Moro, falou sobre o assunto também a professora Cacilda Zafaneli. Os três são autores de capítulos do ‘Nos bastidores da razão’.

“Eventos como este são de suma importância para os nossos acadêmicos, porque complementam seus conhecimentos e geram maior convivência com todas as séries”, avalia Oliva.

Para encerrar, houve sorteio de livros, de chocolates e um coquetel de confraternização.