UNIPAR - UM ESPAÇO PARA O SEU TALENTO

 
OUVIDORIA TRABALHISTA

Acesso online:

Criar ou recuperar sua senha

Você está aqui: Graduação  >  Engenharia Civil de Umuarama

Nossos cursos de GRADUAÇÃO

Engenharia Civil de Umuarama

Descrição

Sua formação com uma base sólida

O curso de Engenharia Civil da Unipar tem uma matriz diferenciada pela inclusão de atividades que estimulam o desenvolvimento intelectual e criativo, formando um profissional mais capacitado e com profundo conhecimento técnico. Você que já tem afinidade com a matemática e a física, vai desenvolver também o raciocínio lógico e a capacidade de encontrar soluções inovadoras para diversos problemas, além de habilidades de gestão e espírito empreendedor. Como Engenheiro Civil, você será capaz de projetar, construir e fiscalizar empreendimentos como edifícios, rodovias, ferrovias, portos, barragens, pontes, obras de infraestrutura e diversas outras, além de gerenciar empresas do segmento da construção.

A maior indústria do país

O enorme déficit habitacional e de infraestrutura fazem da Construção Civil a maior indústria do país. Nesse mercado, a importância do engenheiro e a demanda por profissionais competentes cresce a cada dia. Você terá a opção de atuar em projetos de engenharia, construção, fiscalização de obras, consultoria, gestão, desenvolvimento de novos materiais e tecnologias, gerenciamento de custos ambientais, ensino, pesquisa, dentre outras.

Por que escolher a Unipar

  • Matriz curricular moderna e dinâmica, em sintonia com todos os avanços científicos e tecnológicos; - Professores especialistas e com grande experiência de mercado;

  • Estrutura completa que inclui laboratórios especiais e escritório modelo para atender a comunidade;

  • Estágios e projetos de monitoria, ensino e extensão ao longo de todo o curso.

Infraestrutura diferenciada

Valorizando as suas aptidões e o seu talento, a Unipar oferece total estrutura para realização de atividades práticas e teóricas da forma mais completa. São salas de desenho, laboratórios desenho assistido por computador, topografia, geoprocessamento, materiais e estruturas, solos, hidráulica, saneamento básico e práticas de construção. Todos projetados de acordo com os mais rígidos níveis de exigência para o seu desenvolvimento profissional.

Informações Gerais

COORDENADOR(A) Everlei Câmara
TITULAÇÃO Engenheiro
MODALIDADE Presencial
PERÍODO Noturno
DURAÇÃO MÁXIMA 08 anos
DURAÇÃO MÍNIMA 05 anos
CARGA HORÁRIA 4320 h/a
MENSALIDADE ATUAL R$ 1.838,00
DOWNLOADS Matriz Curricular
LOCAL Umuarama - Campus III

Objetivo geral

O Curso de Engenharia Civil da Universidade Paranaense – UNIPAR, com base nas premissas que emanam da Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e nas determinações das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Engenharia Civil CNE/CES n.º 11, de 11 de Março de 2002, tem como objetivo geral: Formar Engenheiros com capacidade de desenvolvimento intelectual autônomo e permanente, éticos e comprometidos com a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Com conhecimentos técnicos, humanísticos, ambientais e histórico-sociais necessários ao entendimento, interpretação e intervenção na realidade nacional e regional. Instrumentalizando-os com métodos, técnicas e recursos que possibilitem uma atuação condigna e competente nas suas funções na área Engenharia Civil.

Objetivo específico

Desenvolver práticas inovadoras no ensino de Engenharia Civil;

  • Desenvolver a capacidade de trabalho do futuro profissional, tanto do ponto de vista prático quanto teórico;

  • Favorecer o desenvolvimento de habilidades particulares, de acordo com as aptidões, o interesse e o ritmo próprios do aluno identificado pelo corpo docente;

  • Formar profissional capaz de delimitar problemas, definir objetivos e metas, bem como adotar metodologias de trabalho adequadas;

  • Intensificar a formação humanista do futuro profissional;

  • Possibilitar, através de vivências, que o perfil profissional agregue o valor de responsabilidade social no exercício da atividade de engenheiro;

  • Estimular o conhecimento dos problemas do mundo presente, em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade;

  • Promover a extensão, aberta à participação da população, visando à difusão das conquistas e benefícios resultantes da pesquisa científica e tecnológica e da criação cultural geradas na instituição;

Perfil do egresso

O Engenheiro Civil egresso da UNIPAR terá uma formação generalista e deverá atender ao que prescrevem as diretrizes curriculares do Ministério da Educação, no que se refere às competências e habilidades para:

  • Aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à Engenharia Civil;

  • Projetar e conduzir experimentos e interpretar os resultados;

  • Gerir, planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços no âmbito da Engenharia Civil;

  • Desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;

  • Avaliar criticamente ordens de grandeza e significância de resultados numéricos;

  • Comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica e atuar em equipes multidisciplinares;

  • Compreender e aplicar a ética nas relações sociais e profissionais;

  • Avaliar o impacto das atividades da Engenharia Civil no contexto social e ambiental;

  • Avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia;

  • Efetuar vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo e parecer técnico.

  • O profissional de Engenharia Civil formado pela UNIPAR deverá ter um perfil criativo e empreendedor.

Este Engenheiro estará inserido em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, deve compreender as transformações sociais, políticas e econômicas, entendendo às dificuldades das relações humanas, atuando como elemento crítico e criador de novos métodos e atualizando-se constantemente.

O país carece de estrutura em diversas áreas, notadamente naquelas dependentes da engenharia, tais como: saneamento, habitação, transportes, energia, planejamento urbano, etc.

O curso de Engenharia Civil da UNIPAR deverá formar um profissional que compreenda estas necessidades, para colaborar na correção das distorções e carências existentes, levando em consideração as condições regionais.

Enfim, estar apto ao desempenho nas principais áreas da engenharia civil, (Construção Civil, Materiais e Tecnologia, Hidráulica e Saneamento, Geotécnica, Transportes, Sistemas Estruturais, Desenvolvimento de Projetos, Gestão da Produção e Urbanismo), segundo Anexo II da Resolução CONFEA n.º 1.010, de 15 de dezembro de 2005, que são de competência do Engenheiro Civil, às quais o egresso do Curso da UNIPAR deverá ser capaz de realizar.

Competências e Habilidades

O Curso de Engenharia Civil da Universidade Paranaense – UNIPAR deve possibilitar, no perfil específico do egresso, as seguintes competências e habilidades:

1.Construção Civil: trabalhar com as construções em geral, gestão e construção de edificações, manutenção e pós-avaliação, desempenho e racionalização do consumo energético etc.;

  1. Materiais e Tecnologia: destina-se ao estudo das propriedades dos materiais considerando a aplicação nas obras de engenharia; busca o desenvolvimento de novas técnicas, tecnologias de execução e novos produtos, mais racionalizados, econômicos e eficientes, utilizando, muitas vezes, materiais recicláveis;

  2. Hidráulica e Saneamento: aplica-se à produção e distribuição de insumos básicos a partir da água, contribuindo para o desenvolvimento econômico moderno, com o menor custo ambiental. Entre esses insumos estão:

a) Energia: por meio do projeto e construção de barragem, canais, eclusas e instalações hidráulicas para a geração de energia elétrica;

b) Alimentos: por meio da irrigação e drenagem;

c) Transporte: por meio da navegação e do planejamento portuário;

d) Saúde: por meio do projeto e execução de obras de saneamento básico (redes de distribuição de água, sistemas de drenagem, estações de tratamento de água e esgotos);

e) Qualidade de vida: por meio de drenagem urbana, controle de rios, intervenções em zonas costeiras;

f) Responsabilidade social: por meio da preservação da flora e da fauna e da maior qualidade da água e do ambiente;

  1. Geotecnia: estuda o comportamento do solo e do subsolo do ponto de vista da engenharia civil, visando oferecer subsídios à resolução de problemas tais como: construção de aterros; estabilidade e/ou contenção de obras de terra (encostas naturais, escavações, barragens); escolha e projeto de fundações; seleção de materiais para construção etc.;

  2. Transporte: incumbe-se da elaboração de projeto, construção e manutenção de, rodovias, terminais de passageiros e de carga de diversas naturezas, caminhos, pátios, pistas, pontes, viadutos; da confecção de planos de transportes; da gerência da operação de sistemas de transportes; do geoprocessamento; da geodésia, entre outros;

  3. Sistemas Estruturais: encarrega-se do projeto e construção de estruturas e fundações para edificações como pontes, barragens, plataformas “offshore”, edifícios. Para a concepção de modelos pode-se utilizar conceitos e aplicações de técnicas numéricas e da simulação em computadores e modernas calculadoras. Pode utilizar diferentes materiais e tecnologias para a viabilização de obras simples ou complexas;

  4. Desenvolvimento de Projetos: trata de analisar as ações destinadas à melhoria da qualidade do projeto, tendo em vista a redução da incidência de manifestações patológicas, as quais normalmente contribuem para o baixo desempenho das edificações, quando em uso; analisar e propor ferramentas de integração e coordenação dos diversos projetos existentes na obra; propor projetos que tenham características exeqüíveis, entre outros aspectos.

  5. Gestão da Produção: através da introdução de ferramentas gerenciais e novas formas de organização da produção, propor um conjunto de ações reformadoras que substituam as práticas rotineiras convencionais da construção civil por ferramentas e métodos baseados em raciocínio sistemático, visando eliminar a casualidade nas decisões do engenheiro civil. Trabalhar com os diferentes atores do processo construtivo de forma integrada e cooperativa.

  6. Urbanismo: atendimento das práticas projetuais relacionadas ao meio urbano de forma a integrar aspectos sociais, ambientais, econômicos e políticos, visando à geração de informações e documentos que subsidiem as tomadas de decisões em relação à administração da infra-estrutura urbana.

Mercado de trabalho

No que diz respeito à inserção no mercado de trabalho, o Engenheiro Civil possui um amplo e variado campo de atuação.

A sua formação o habilita a atuar em seis grandes áreas: Construção; Estruturas; Geotécnica; Hidráulica; Saneamento e Transportes. Ele é o profissional responsável por projetar, construir, operar e manter edificações, meios de transportes, equipamentos urbanos e obras de aproveitamento energético, saneamento e segurança ambiental. Ainda em vista de sua formação abranger diversas áreas do conhecimento, os Engenheiros Civis podem atuar em instituições financeiras, nas áreas de administração e gerenciamento dos mais diversos setores da indústria.

Com possibilidades tão variadas de atuação, o Engenheiro Civil tem facilidade em encontrar um emprego no mercado de trabalho. Não se pode esquecer que, também em função de sua formação, ele está apto a se tornar um empresário, criando sua própria empresa para atuar no setor da construção civil.

Ambientes

Redes sociais